emissão em direto

Agrupamento Rafael Bordalo Pinheiro comemorou os 100 anos de Saramago

O Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro (AERBP), nas Caldas da Rainha, assinalou no passado dia 16 o centenário do nascimento do prémio Nobel da Literatura, José Saramago, com diversas atividades, sessões de cinema, exposições, instalações artísticas e ainda com a apresentação de quadros vivos inspirados na pintura de José Santa-Bárbara.

O Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro (AERBP), nas Caldas da Rainha, assinalou no passado dia 16 o centenário do nascimento do prémio Nobel da Literatura, José Saramago, com diversas atividades, sessões de cinema, exposições, instalações artísticas e ainda com a apresentação de quadros vivos inspirados na pintura de José Santa-Bárbara.

A iniciativa, que esteve inserida no programa “Saramago na Escola”, de comemoração do centenário do escritor português, e que contou com uma parceria da Fundação José Saramago, da Rede de Bibliotecas Escolares e do Plano Nacional de Leitura, teve como objetivo “ser uma pequena homenagem ao escritor, que hoje faria 100 anos e por tudo aquilo que representa na nossa cultura”, sublinhou Jorge Pina, diretor do Agrupamento de Escolas Bordalo Pinheiro

A atividade começou com as “Leituras saramaguianas”, na biblioteca da escola, onde os participantes ouviram a leitura expressiva realizada por representantes dos mais variados elementos, que compõem a comunidade educativa. Foram lidos excertos de diversas obras do autor, como “Memorial do Convento” “Os poemas impossíveis” e “Cadernos de Lanzarote e Viagem a Portugal”, acompanhados musicalmente por alunos do Conservatório das Caldas da Rainha, que “homenagearam da melhor forma o escritor, reativando as suas palavras e o seu pensamento e deixando ecos perduráveis nos presentes”, explicou Cecília Correia, coordenadora do Projeto Cultural de Escola-Plano Nacional das Artes.

Além das leituras, o programa comemorativo contou com uma instalação artística “100 SaramaguiANOS, 100 cadeiras, 100 alunos, 100 livros de José Saramago”, que decorreu num dos corredores da escola, onde os alunos sentados estiveram a ler textos das obras do autor. Também três das salas de aulas foram desarrumadas e deram lugar à apresentação de quadros vivos, realizados pelo pintor José Santa-Bárbara.

“O pintor fez uma leitura de Memorial do Convento e realizou 35 telas, compreendendo 11 estudos, com uso de diferentes técnicas e predominância do óleo e da têmpera vinílica sobre papel colado, apresentadas em 2001 numa exposição que teve lugar na Biblioteca Nacional em Lisboa”, indicou a coordenadora do projeto cultural, adiantando que “os nossos alunos deram vida a três quadros do pintor “A ara de Cheleiros”, “A leva da Infanta” e “O espírito santo”, sendo acompanhado por uma gravação áudio do excerto da obra, com um fundo musical de Domenico Scarlatti, enquanto os alunos contavam a história do quadro com pequenos jogos teatrais.

Na atividade esteve presente o pintor José Santa-Bárbara, que além de assistir à apresentação dos quadros vivos, também teve a oportunidade de conversar com os alunos. 

Do programa também constou uma palestra “Adaptação teatral de As intermitências da morte, de José Saramago”, apresentada pelo João Maria André, professor e investigador na Universidade de Coimbra.

A atividade também contou com a colaboração de outras instituições como a Rede de Bibliotecas Escolares, a Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha, o Centro de Formação de Associações de Escolas Centro-Oeste, a Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha, a Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, o Agrupamento de Escolas Raul Proença, a Escola Básica D. João II, bem como o Projeto Cultural de Escola.

Últimas Notícias

MDM quer combate à violência contra as mulheres 

O Movimento Democrático de Mulheres (MDM) assinalou a 25 de Novembro o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, tendo realizado um jantar-debate na sede do Clube Recreativo Delgadense, na Delgada, no Bombarral e, na véspera, a distribuição de informação no Agrupamento de Escolas Fernão Pó, na vila.

Governador rotário visita clube local

O Rotary Club das Caldas da Rainha recebeu o Governador do Distrito 1960, Vitor Cordeiro, para uma visita de trabalho, no passado dia 14, numa deslocação que teve o seu início na rotunda Rotary (junto ao Continente), onde se fez uma fotografia de grupo junto ao marco rotário.

Água distinguida pela qualidade

A Câmara Municipal do Cadaval voltou a ser contemplada com o “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano” no âmbito da 17.ª Expo Conferência da Água, realizada em Lisboa, no passado dia 22. A autarquia recebe assim, mais uma vez, a distinção que enaltece a qualidade da sua água. A atribuição deste galardão […]

Frederico Silva novamente finalista no Japão 

Chegou ao fim a digressão asiática do atleta caldense Frederico Silva e no quarto e último torneio disputado na cidade japonesa de Yokkaichi, o jogador do Clube de Ténis das Caldas da Rainha voltou a atingir a final do torneio de categoria 80 do ATP Challenger Tour.