emissão em direto

Almoço e recriação quinhentista na Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste

A Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, através dos alunos da turma de 2º ano do Curso de Cozinha/Pastelaria, no âmbito do seu projeto integrador (interdisciplinaridade), realizou o almoço e recriação quinhentista “A cidade que nasceu das Águas”, no passado dia 6, no estabelecimento de ensino nas Caldas da Rainha.

A Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, através dos alunos da turma de 2º ano do Curso de Cozinha/Pastelaria, no âmbito do seu projeto integrador (interdisciplinaridade), realizou o almoço e recriação quinhentista “A cidade que nasceu das Águas”, no passado dia 6, no estabelecimento de ensino nas Caldas da Rainha.

A iniciativa, coordenada pela professora Cristina de Jesus, é o culminar de um projeto que decorreu ao longo de dois anos, tendo sido trabalhado em várias disciplinas de forma transversal.

Participaram catorze alunos, com idades entre 17 e 24 anos: Francisca Magalhães, Afonso Medalha, Ana Luisa Campos, Andressa Coelho, Beatriz Sancheira, Catarina Veiga, Hugo Dias, Henrique Lourenço, Inês Martins, Joana Silva, João Santos, José Franco, Luis Arrais e William Conceição.

O evento foi preparado sob a orientação da docente Cristina de Jesus e dos chefes Ricardo Ferreira, Tiago Costa, Luís Tarenta e Marisa Rosa.

A refeição servida começou com torricado de cebola, marmelada com queijo e crocante de morcela, e tempura de maçã injetada com aguardente aromatizada com hortelã.

A entrada foi creme de abóbora com croutons e sementes.

O prato de peixe foi dourada com alho francês na brasa, lentilhas, palha de alho francês e caldo de bivalves.

O prato de carne foi borrego acompanhado com puré de cenoura, grelos salteados, funcho grelhado e molho das aparas.

A sobremesa foi pão de ló com gelado de limão, crocante de noz e redução de vinho do Porto.

A atividade, com dança e música medieval, contou com vários apoios, como por exemplo, Óbidos Criativa, Margarida Varela, autora do roteiro medieval “Rota da Raynha”, Gomes Pereira, da Quinta dos Capuchos, que levou o vinho monástico Cistercium, Molde (louças), entre outros.

Estiveram no evento trinta participantes, entre os quais o presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Vitor Marques, e a vereadora com os pelouros da Educação e Cultura, Conceição Henriques, e Ricardo Duque, presidente do conselho de administração da Óbidos Criativa.

O diretor da EHTO lançou um repto à autarquia caldense para a realização mensal de um evento quinhentista, recordando a fundação das termas e o desenvolvimento das Caldas da Rainha.

No final os participantes levaram uma lembrança: uma caixa com broinhas de mel, bolinhas de figo com avelã, nozes banhadas em caramelo fresco feito de mel e biscoitos de castanhas.

“Estou muito orgulhosa dos meus meninos”, comentou Cristina de Jesus.

Últimas Notícias

Suspeito de esfaqueamento detido pela Judiciária

Um homem de 24 anos que tentou matar outro com uma faca, no ano passado em Rio Maior, foi detido no dia 24 de maio pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária em Ferrel, no concelho de Peniche.

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).