emissão em direto

António Morgado é vice-campeão mundial de estrada em ciclismo

O caldense António Morgado conquistou, na madrugada desta sexta-feira, a medalha de prata na prova de fundo para juniores do Campeonato do Mundo de Estrada em ciclismo, realizada em Wollongong, na Austrália.

O caldense António Morgado conquistou, na madrugada desta sexta-feira, a medalha de prata na prova de fundo para juniores do Campeonato do Mundo de Estrada em ciclismo, realizada em Wollongong, na Austrália.

Portugal prometeu discutir a corrida de 135,6 quilómetros e cumpriu. A seleção nacional acelerou a corrida na primeira das oito voltas ao circuito australiano, promovendo a primeira triagem de valores.

A partir da terceira volta começou o festival de António Morgado. O caldense desferiu inúmeros ataques, eliminando adversários atrás de adversários. As movimentações mais fortes foram-se sucedendo a cada passagem no ponto mais duro do traçado, a subida do monte Pleasant (1100 metros com inclinação média de 7,7 por cento e troços acima dos dez por cento).

Na penúltima passagem por essa dificuldade, o chefe-de-fila de Portugal desferiu um ataque poderosíssimo que deixou o grupo da frente com cerca de dez unidades. Não satisfeito, António Morgado atacou novamente, a 18 quilómetros da meta, na entrada para a última volta.

Desta vez, o natural das Caldas da Rainha isolou-se e teve legítimas esperanças de conquistar a camisola arco-íris, pois chegou a dispor de mais de 20 segundos sobre os rivais mais diretos. Só que o alemão Emil Herzog também estava muito forte e conseguiu juntar-se ao português a três quilómetros da meta.

A discussão do título ficou guardada para um sprint a dois. Aí, ao fim de 3h11m07s de prova (média de 42,6 km/h), o germânico foi mais forte. António Morgado foi o segundo classificado e conseguiu o melhor resultado de sempre para Portugal em provas de fundo para juniores dos Mundiais de Estrada. O terceiro classificado, a 55 segundos, foi o belga Vlad van Mechelen.

Gonçalo Tavares, que fez praticamente toda a corrida no grupo dos favoritos, foi o 18.º, a 2m48s. Daniel Lima foi 38.º, a 11m50s. Tiago Nunes foi 58.º, a 13m31s. José Bicho não terminou a prova.

“O António Morgado fez mais uma grande corrida. Em todos os anos que já levo como selecionador – e passaram pelas minhas mãos todos os melhores corredores portugueses dos últimos anos – nunca vi, em júnior, um ciclista capaz de fazer o que o António faz. São demonstrações de força impressionantes”, manifestou o selecionador nacional, José Poeira.

O responsável técnico admitiu que António Morgado “no sprint poderia ter arrancado um pouco mais tarde, explorando mais a roda do alemão”, mas considerou que “o desempenho global é excelente”.

“Se um dia chegar ao nível do João Almeida será um orgulho”

Numa conferência de imprensa realizada a partir da Austrália, via Zoom, na qual o JORNAL DAS CALDAS participou, sendo um dos seis órgãos de comunicação social a fazer perguntas – a par do jornal Record, da agência Lusa, da Sport TV, do site Mais Futebol e da revista Portuguese Cycling Magazine – António Morgado explicou o seu desempenho.

“Estava a sentir-me bem. O sprint final é que foi mais complicado, porque o meu adversário era muito forte. Era um sprint a descer, onde se tinha que sprintar com cadência e eu gosto mais de sprints com ligeira inclinação”, relatou, revelando que nessa altura também foi afetado com cãibras.

“É um orgulho e uma recompensa pelo trabalho feito em toda a época, claro que estou um pouco frustrado porque estive perto de ser campeão do mundo, mas pronto, tenho tempo para conseguir isso”, declarou o atleta da União de Freguesias de Tornada e Salir do Porto.

António Morgado confessou que “nos momentos a seguir ao fim da corrida tive um impacto um bocado negativo, mas já estou satisfeito com o que fiz”.

“O esforço que eu desenvolvo nos treinos e a dedicação da minha vida a isto, é por aí que tenho vindo a ter bons resultados”, indicou, quando questionado pelo JORNAL DAS CALDAS sobre a “fórmula do sucesso” perante tão boas prestações sucessivas este ano.

Interrogado pelo JORNAL DAS CALDAS se o seu conterrâneo João Almeida tem que ter cautela porque no futuro terá um duro adversário quando António Morgado chegar a sénior, o vice-campeão mundial de estrada respondeu que “o João Almeida está num nível completamente acima. Só lendas é que chegam ao nível do João Almeida e se eu algum dia conseguir sequer chegar perto dele será um orgulho”.

O jovem revelou que tem ambição de um dia correr a Volta a França (Tour de France) e a Volta a Itália (Giro d’Italia), duas das mais importantes provas de ciclismo do mundo, mas “um passo de cada vez e tudo a seu tempo”.

Para já, para a entrada na categoria sénior, que está próxima, espera “estar preparado”, mas tranquilamente fez notar que “para o ano saberei essas respostas”.

Últimas Notícias

Unidades hoteleiras nomeadas para os prémios Publituris

O The Literary Man Óbidos Hotel (categoria melhor hotel de 4 estrelas), o Rio do Prado (categoria melhor hotel de 3 estrelas) e o Royal Óbidos Spa & Golf Resort (categoria melhor campo de golfe) estão nomeados para os prémios Publituris Portugal Travel Awards – 2022, a maior distinção turística a nível nacional, cujos vencedores serão divulgados no dia 18 de outubro.

Novo presidente do Politécnico quer afirmação como Universidade

“Após 40 anos de existência do Instituto Politécnico de Leiria, defendo que reunimos hoje as condições para nos afirmarmos como Universidade, que para além do ensino politécnico, ministre também o ensino universitário, podendo outorgar todos os graus académicos previstos na lei”, afirmou Carlos Rabadão, após ser empossado presidente do Politécnico de Leiria no dia 22 de setembro.

Festival de Insufláveis assinala regresso às aulas

De forma a assinalar o início de um novo ano letivo, o Município de Óbidos, com a colaboração da FADL – Federação das Associações Juvenis do Distrito de Leiria e da Associação Óbidos Dance, pretende proporcionar às crianças um dia diferente, cheio de atividade física e diversão.

Festival Eutopia no golfe do Bom Sucesso Resort

O Bom Sucesso Resort, junto à Lagoa de Óbidos, vai receber a primeira edição do festival Eutopia, um evento que pretende unir a arte, a arquitetura e o golfe. A iniciativa dedicada à cultura contemporânea vai decorrer nos dias 1 e 2 de outubro e destaca-se, entre outros aspetos, pelo local definido para a sua […]

Autarcas pedem levantamento de interdição da “toneira” na Lagoa

Reuniram no passado dia 22, com caráter de urgência, nos Paços do Concelho, em Óbidos, os presidentes da Câmara Municipal de Óbidos, Filipe Daniel, e das Caldas da Rainha, Vítor Marques, e da Junta de Freguesia do Vau, Frederico Lopes, com a secretária de Estado das Pescas, Agricultura e Alimentação, Teresa Coelho, com o intuito de manifestar a preocupação referente à Portaria número 238/2022, de 15 de setembro, que aprova as normas reguladoras do exercício da pesca comercial nas águas interiores não marítimas na Lagoa de Óbidos.