emissão em direto

Arrumador de carros acusado de matar à facada

O suspeito da autoria do esfaqueamento que tirou a vida a um arrumador de carros de nacionalidade ucraniana a 26 de março deste ano, cerca das 19h, no parque de estacionamento do Bairro Lisbonense, junto ao centro comercial La Vie das Caldas da Rainha, foi acusado pelo Ministério Público da prática de um crime de homicídio qualificado.

O suspeito da autoria do esfaqueamento que tirou a vida a um arrumador de carros de nacionalidade ucraniana a 26 de março deste ano, cerca das 19h, no parque de estacionamento do Bairro Lisbonense, junto ao centro comercial La Vie das Caldas da Rainha, foi acusado pelo Ministério Público da prática de um crime de homicídio qualificado.

O arguido, de 29 anos, está em prisão preventiva, e responde ainda por um crime de ofensa à integridade física simples sobre outro arrumador de carros, a quem exigiu que saísse do local, arremessando-lhe uma pedra da calçada, que lhe feriu a mão esquerda.

Segundo a Lusa, neste processo foi ainda acusado o irmão do alegado homicida, de 22 anos, de um crime de ofensa à integridade física simples ao estrangeiro que morreu.

Os dois irmãos, arrumadores de carros, foram intercetados na cidade pela equipa de intervenção rápida da PSP poucas horas depois do crime, após terem fugido e a faca com nove centímetros de lâmina sido escondida nas imediações. Na esquadra foram entregues aos inspetores do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária.

Apenas o mais velho ficou na ocasião detido, por ser o suspeito de ter dado uma facada no peito da vítima, Maksym Holeha, que estava a um dia de completar 32 anos. O homem assassinado era natural de Vatutine, na Ucrânia, e vivia em Portugal há cerca de quinze anos. Tinha uma filha menor.

O crime aconteceu na sequência de um desentendimento quanto ao número de carros que cada um estava a arrumar, como relatou uma testemunha. “Normalmente arruma-se à vez, para dar para todos. No entanto, o mais novo andou à porrada com o que morreu”, contou, numa agressão com murros e pontapés sem nada que o fizesse prever após uma breve troca de palavras e empurrões mútuos, o que lhe provocou ferimentos.

Logo de seguida apareceu o irmão por detrás de Maksym e deu-lhe uma facada no peito.

Últimas Notícias

Massagem de flores da mata Rainha D. Leonor

Termas abrem época com novidades A época termal na vertente terapêutica da ala sul do Hospital Termal das Caldas da Rainha vai reabrir a 1 de fevereiro com muitas novidades a nível do bem-estar. O lançamento de banhos de rituais de cacau e menta, a massagem de flores da mata Rainha Dona Leonor e rituais […]

Lions formaliza entrega de verba de espetáculo solidário

O Lions Clube das Caldas da Rainha fez no passado dia 30 uma entrega formal ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) da verba apurada no concerto solidário com o maestro e pianista António Victorino d’Almeida e trio de Pedro Caldeira Cabral. Recorde-se que o espetáculo decorreu no dia 8 de outubro […]

Desfile equestre apresentou reis do carnaval das Caldas

Luís Ventura, de 47 anos, e Mariana Mortágua, de 22 anos, foram escolhidos para serem os reis do carnaval das Caldas da Rainha, encarnando as personagens Zé Povinho e Maria da Paciência, respetivamente, criações de Rafael Bordalo Pinheiro como caricaturas do povo português.

V Jornadas SIPO Júnior

Entre os dias 12 a 15 de abril decorre a 5ª edição das Jornadas da Semana Internacional de Piano de Óbidos (SIPO) Júnior, no Auditório Municipal de Óbidos, com master classes de piano, seminário de improvisação, concertos comentados e uma audição final dos participantes. As jornadas, que contam com o apoio da Câmara Municipal de […]