emissão em direto

Assinada renovação e construção de residências de estudantes

O Politécnico de Leiria assinou contratos de financiamento do Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES), numa sessão que decorreu no passado dia 15, na Academia das Ciências de Lisboa, com a participação do primeiro-ministro António Costa, da ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, e da ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

O Politécnico de Leiria assinou contratos de financiamento do Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES), numa sessão que decorreu no passado dia 15, na Academia das Ciências de Lisboa, com a participação do primeiro-ministro António Costa, da ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, e da ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

Em julho foram aprovadas todas as candidaturas do Politécnico de Leiria para a construção de novas residências de estudantes e renovação das residências atuais, no âmbito do PNAES.

A renovação e a construção das residências de estudantes representam um investimento acima de 25 milhões de euros, financiados pelo Programa de Recuperação e Resiliência (PRR).

“Finalmente firmámos um investimento muito importante para os nossos estudantes, que vão ter melhores condições de alojamento, o que no futuro pode ser um critério importante para futuros estudantes na escolha da instituição de ensino superior para realizar a sua formação académica”, destacou Rui Pedrosa, presidente do Politécnico de Leiria. “Os responsáveis dos municípios envolvidos também nos acompanharam e formalizaram este compromisso, e esperamos que os trabalhos se iniciem em breve”, adiantou.

Foram apresentadas pelo Politécnico de Leiria nove candidaturas no âmbito do PRR, cinco para adaptação, aquisição e renovação de residências e quatro para construção de novas residências, que abrangem uma adaptação para residência (Convento de Santo Estevão), sete renovações de atuais residências (quatro em Leiria, duas em Caldas da Rainha e uma em Peniche) e a construção de cinco novas residências (Leiria, Caldas da Rainha, Peniche e Pombal).

Para além destas candidaturas, que correspondem a um aumento de 745 para 1.243 camas, o Politécnico de Leiria é ainda copromotor de mais três candidaturas dos municípios de Batalha, Marinha Grande e Torres Vedras, o que corresponde a mais 116 camas, fixando-se um total de 1.359 camas. Com a aprovação destas candidaturas o Politécnico de Leiria assegurará residências de estudantes em todas as cidades onde conta com oferta formativa, quer seja em Escolas ou Núcleos de Formação, nomeadamente em Leiria, Caldas da Rainha, Peniche, Marinha Grande, Pombal e Torres Vedras.

Últimas Notícias

Novo presidente do Politécnico quer afirmação como Universidade

“Após 40 anos de existência do Instituto Politécnico de Leiria, defendo que reunimos hoje as condições para nos afirmarmos como Universidade, que para além do ensino politécnico, ministre também o ensino universitário, podendo outorgar todos os graus académicos previstos na lei”, afirmou Carlos Rabadão, após ser empossado presidente do Politécnico de Leiria no dia 22 de setembro.

Festival de Insufláveis assinala regresso às aulas

De forma a assinalar o início de um novo ano letivo, o Município de Óbidos, com a colaboração da FADL – Federação das Associações Juvenis do Distrito de Leiria e da Associação Óbidos Dance, pretende proporcionar às crianças um dia diferente, cheio de atividade física e diversão.

Festival Eutopia no golfe do Bom Sucesso Resort

O Bom Sucesso Resort, junto à Lagoa de Óbidos, vai receber a primeira edição do festival Eutopia, um evento que pretende unir a arte, a arquitetura e o golfe. A iniciativa dedicada à cultura contemporânea vai decorrer nos dias 1 e 2 de outubro e destaca-se, entre outros aspetos, pelo local definido para a sua […]

Autarcas pedem levantamento de interdição da “toneira” na Lagoa

Reuniram no passado dia 22, com caráter de urgência, nos Paços do Concelho, em Óbidos, os presidentes da Câmara Municipal de Óbidos, Filipe Daniel, e das Caldas da Rainha, Vítor Marques, e da Junta de Freguesia do Vau, Frederico Lopes, com a secretária de Estado das Pescas, Agricultura e Alimentação, Teresa Coelho, com o intuito de manifestar a preocupação referente à Portaria número 238/2022, de 15 de setembro, que aprova as normas reguladoras do exercício da pesca comercial nas águas interiores não marítimas na Lagoa de Óbidos.