emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Autarquia recebeu a visita de representantes políticos de Poços de Caldas

No passado domingo o município das Caldas da Rainha recebeu a visita dos representantes da prefeitura da cidade-irmã de Poços de Caldas, Júlio César Freitas e Ricardo Fonseca Oliveira, e do governo estadual de Minas Gerais, Izabela Drumond.

No passado domingo o município das Caldas da Rainha recebeu a visita dos representantes da prefeitura da cidade-irmã de Poços de Caldas, Júlio César Freitas e Ricardo Fonseca Oliveira, e do governo estadual de Minas Gerais, Izabela Drumond.

Esta sessão de troca de cumprimentos entre os responsáveis políticos das cidades geminadas, que decorreu no salão nobre do Hospital Termal Rainha D. Leonor, contou ainda com uma visita às obras do Hospital, ao edifício do chamado “Balneário Novo”, já em funcionamento, bem como ao centro histórico da cidade.

A geminação entre Caldas da Rainha e Poços de Caldas deu-se há precisamente 20 anos, numa sessão realizada nas Caldas da Rainha, em 2001, na sequência de uma proposta do então deputado Jorge Mangorrinha, aproveitando o facto de em 2000 se terem cumprido os 500 anos do descobrimento do Brasil pelos portugueses e, também, porque foi um mestre-pedreiro português que, no século XIX, conseguiu, em Poços de Caldas, uma técnica já experimentada nas Caldas da Rainha e que tornou possível o desenvolvimento termal na atual cidade de Poços de Caldas.

Poços de Caldas acabou de assumir politicamente a sua adesão à Associação Europeia de Cidades Termais Históricas (EHTTA), de que Caldas da Rainha faz parte, e que é uma organização que representa cidades da Europa, ampliada agora ao Brasil pelo facto de haver a geminação entre Caldas da Rainha e Poços de Caldas e a assunção por parte das autoridades brasileiras.

Durante a visita foi oferecida à autarquia caldense uma jarra em cristal de Murano, fabricada em Poços de Caldas, já que a cidade abriga diferentes fábricas e estes cristais são conhecidos internacionalmente, e aos visitantes, o presidente da Câmara Municipal, Vitor Marques, ofereceu uma coleção de sabonetes do Hospital Termal e exemplares do livro “Caldas da Rainha: Património das Águas”.

Na iniciativa também esteve presente Luciana Dias, doutoranda na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (São Paulo), que se encontra presentemente em Portugal, sob orientação científica de Jorge Mangorrinha, tendo em vista a dissertação de uma tese de doutoramento sobre Caldas da Rainha e Poços de Caldas. Além disso tem objetivo de esclarecer as relações históricas, que ligam as duas cidades e situar o papel do seu desenvolvimento no campo disciplinar do urbanismo, comparando as estruturas termais e os elementos da forma urbana, utilizando como recorte espacial os casos das cidades de Caldas das Rainha e Poços de Caldas.

Já o mentor da geminação, Jorge Mangorrinha, disse que “esta é uma pesquisa que parte de um conceito que eu próprio desenvolvi no meu doutoramento, em 2009, e que agora é aplicada com detalhe entre duas cidades irmãs e num período de tempo importante na história de ambas as localidades”.

Últimas Notícias

Gaeiras reúne 100 artistas e cerca de 2000 presépios

De 8 a 26 de dezembro vai decorrer no Convento de São Miguel, nas Gaeiras, a 14ª Grande Exposição de Presépios. Durante estes dias, entre as 14 e as 18 horas, poderão ser vistas as obras de 100 artistas e apreciados cerca de dois mil presépios. A diversidade dos materiais, como o barro, a casca de ovo, a madeira, o ferro, o tecido, a joalharia, a cortiça, o vidro, ou até mesmo componentes eletrónicos, constitui uma atração.

EBI Santo Onobre quer incentivar utilização da bicicleta

No âmbito do Desporto Escolar (DE), a Escola Básica de Santo Onofre, nas Caldas da Rainha, aderiu ao projeto “DE sobre rodas”, que consiste em recolher bicicletas que sirvam para crianças, dos 5 aos 12 anos, ainda em condições para serem usadas, mesmo que precisem de uma pequena reparação.