emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Bombarral vai ter uma Quinta Ciência Viva da Pera Rocha

As antigas instalações do Instituto da Vinha e do Vinho, no Bombarral, cujas obras de reabilitação irão brevemente ter início, vão receber a futura Quinta Ciência Viva da Pera Rocha, um projeto que resulta de uma parceria estabelecida entre a Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, o Município do Bombarral e o Rocha Center – Centro de Pós-Colheita e Tecnologia.

O secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, presidiu, na passada sexta-feira, à cerimónia de assinatura do protocolo que formaliza a instalação da Quinta Ciência Viva da Pera Rocha num equipamento que é propriedade da Câmara Municipal e estabelece a cooperação entre as várias entidades na elaboração do projeto de conteúdos, do plano funcional e do modelo de gestão.

Valorizar a produção agrícola, divulgar a inovação científica e tecnológica, estimular o empreendedorismo e criar oportunidades turísticas e de lazer são algumas das metas definidas pelas entidades parceiras neste projeto.

O projeto contempla ainda a dinamização de diversas atividades e exposições interativas associadas à temática da pera rocha, envolvendo o público em geral e, em especial, o público escolar e as famílias.

Teresa Carvalho, da equipa expositiva do Centro Ciência Vida, descreveu que a quinta terá valências como o fermentório (que explorará a fermentação), uma cozinha experimental para novas aplicações da pera rocha, campo de ensaio, laboratórios de investigação, entre outras.

A sessão de assinatura do protocolo contou também com a presença de Ricardo Fernandes, presidente da Câmara do Bombarral, Rosalia Vargas, em representação da Ciência Viva, Torres Paulo e João Alves, representantes do Rocha Center, e José Bernardo, presidente da Câmara do Cadaval.

O autarca bombarralense manifestou que este projeto “será estruturante para o Bombarral e de extrema importância para a valorização da pera rocha do Oeste”.

“Cruza diversas áreas de atuação. À cabeça a ciência e a investigação, depois a componente lúdica e do conhecimento, que fará a delícia de miúdos e graúdos”, referiu, fazendo notar que “trará mais visitantes ao Bombarral”.

“Acrescentar valor à pera rocha”, é o objetivo desta quinta, disse o secretário de estado. Carlos Miguel, que sublinhou a importância da reabilitação das antigas instalações do Instituto da Vinha e do Vinho para acolher este projeto.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.