emissão em direto

Câmara avisa proprietários de árvores em risco

A Câmara Municipal das Caldas da Rainha avisou os proprietários de árvores em situação de risco de que é “proibido plantar ou manter árvores, plantas ou arbustos próximo das vias públicas, cujas raízes as prejudiquem ou as suas ramadas cresçam e as cubram ou de qualquer forma prejudiquem o trânsito, bem como deixar de as aparar convenientemente”.

A Câmara Municipal das Caldas da Rainha avisou os proprietários de árvores em situação de risco de que é “proibido plantar ou manter árvores, plantas ou arbustos próximo das vias públicas, cujas raízes as prejudiquem ou as suas ramadas cresçam e as cubram ou de qualquer forma prejudiquem o trânsito, bem como deixar de as aparar convenientemente”.

O incumprimento constitui contraordenação punível com coima de 3,74 a 3.740,98 euros no caso de pessoa singular ou até 44.891, 81 euros no caso de pessoa coletiva.

Para além das coimas e sanções acessórias previstas, todo aquele que infringir o regulamento ficará obrigado a indemnizar a Câmara Municipal pelos prejuízos causados e pelas despesas realizadas com os trabalhos de arranque das espécies plantadas.

A queda de árvores, independentemente da causa que lhe deu origem, é da responsabilidade do seu dono, se a implantação da árvore estiver em terreno privado.

Os proprietários dos terrenos onde estão instaladas linhas elétricas de baixa tensão e os proprietários dos terrenos confinantes com quaisquer vias de comunicação ao longo das quais estejam instaladas as linhas são obrigados a não consentir nem conservar neles plantações que possam prejudicar a exploração elétrica.

Últimas Notícias

Funcionária acusada de desviar dinheiro de taxas moderadoras

O Ministério Público deduziu acusação contra uma mulher que exerceu funções no serviço de atendimento complementar da Nazaré, pertencente ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Norte, e que nesse âmbito está indiciada da prática de crimes de peculato e de recebimento indevido de vantagem.

Radiocomunicações de barcos fiscalizadas

A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) levou a cabo no último trimestre de 2021 um conjunto de ações de fiscalização com a Polícia Marítima, numa zona compreendida entre os portos de Caminha e Peniche.

Uma semana com mais 5 mortes e mais 1172 casos ativos no Oeste

Os dados divulgados até à noite de 10 de fevereiro davam conta que no total, desde o início da pandemia, foram registados 831 óbitos (mais 5 em relação à semana passada) na região Oeste associados à Covid-19. O concelho de Torres Vedras era onde se verificava o maior número de falecimentos, que ascendem a 197 […]