emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Aulas práticas no Hospital Termal

Câmara das Caldas assina protocolos com Politécnico na área da saúde

O Instituto Politécnico de Leiria (IPL) - Escola Superior de Saúde, assinou, na passada quarta-feira, dois protocolos de cooperação com a Câmara Municipal das Caldas da Rainha nos domínios técnico, científico e pedagógico, partilha de conhecimento e de espaços, bem como o fomento de programas de formação/intervenção na área da saúde.

Uma das parcerias é na área do termalismo, onde o Município das Caldas compromete-se a ceder gratuitamente ao IPL o uso das Termas das Caldas da Rainha para apoio à formação no âmbito do curso Técnico Superior Profissional de Estética, Cosmética e Bem-Estar. O objetivo é possibilitar a lecionação das aulas práticas de termalismo do curso nas Termas das Caldas.

À Escola Superior de Saúde caberá realizar formação e workshops sobre termalismo aos profissionais das Termas das Caldas.

O segundo protocolo assinado é mais geral e tem em vista o desenvolvimento de parcerias na área da saúde, englobando o Centro Hospitalar do Oeste e os centros de Saúde do Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Norte. A parceria visa a concretização de ações que visem o intercâmbio de bibliografia técnica, científica e pedagógica.

O objetivo é desenvolver projetos e cursos em parceria e ainda a colaboração na organização de eventos conjuntos. O protocolo prevê também a participação em eventos promovidos por ambas as entidades, a concretização de projetos de investigação, atividades de atualização de pessoal técnico e administrativo e a prestação de serviços, entre outras atividades enquadráveis na parceria.

Quanto ao protocolo da área do termalismo, o diretor da Escola Superior de Saúde, Rui Tinto, destacou a importância “de termos a parte prática no Hospital Termal devido às suas caraterísticas únicas”.

O curso Técnico Superior Profissional de Estética, Cosmética e Bem-Estar iniciou com 25 alunos. Segundo o diretor, “o curso esgotou com mais candidatos do que as vagas disponíveis”. A primeira unidade curricular do curso a funcionar no Hospital Termal terá início no próximo semestre.

O presidente do IPL, Rui Pedrosa, afirmou que “a pandemia veio provar ainda mais a importância da área da ciência e saúde”. Destacou a Escola Superior de Saúde como “fundamental e diferenciadora” e que tem capacidade para “crescer e se desenvolver em dimensões que estão pouco exploradas”.

Revelou que têm vindo a fazer um “investimento na formação, investigação e nos projetos de inovação na área da saúde com um impacto transversal neste território alargado de influência do IPL que abrange 22 municípios”. Para Rui Pedrosa, Caldas da Rainha tem prioridade e este protocolo “demonstra isso como estratégia na área da saúde, onde as nossas formações têm uma dimensão prática de ensinos clínicos de relação com centros portadores de cuidados de saúde”. “Os nossos estudantes fazem estágios clínicos no Centro Hospitalar do Oeste e nos Centros de Saúde e isso traz sinergias únicas”, adiantou.

O responsável revelou ainda que o IPL tem um mestrado pioneiro no país de Design para a Saúde e Bem Estar na ESAD.CR, mas com uma relação direta com a Escola Superior de Saúde. “É o design na otimização de equipamentos que sejam mais eficazes e adaptados para uma determinada área de saúde”, explicou.

Quanto ao protocolo, Rui Pedrosa disse que vão começar a estar presentes no termalismo e que têm uma unidade curricular específica nas termas das Caldas, onde também vão ter estagiários.

O presidente da Câmara das Caldas, Tinta Ferreira, revelou que está em curso uma obra que irá permitir “desenvolver a componente de tratamentos do foro músculo-esquelético, que é uma das vertentes anteriores do hospital, e que vamos conseguir pô-la a funcionar”. “Há um potencial enorme pela qualidade terapêutica das águas termais na relação com quem tem conhecimento científico, como é o caso da Escola Superior de Saúde, e vai valorizar a nossa ação e capacidade”, apontou.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.