emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Campanha “Cinto-me vivo” na Rua Vitorino Fróis

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) esteve na passada segunda-feira com a PSP, na Rua Vitorino Fróis, nas Caldas da Rainha, para uma ação da campanha "Cinto-me vivo", em que foram sensibilizados condutores e passageiros para a importância de utilizarem corretamente o cinto de segurança, os sistemas de retenção para crianças e o capacete.

Na última campanha sobre este tema, efetuada de 8 a 14 de setembro do ano passado, as forças de segurança fiscalizaram 41.150 veículos, tendo registado 1.180 infrações relativas à não utilização dos dispositivos de segurança, o que correspondeu a uma taxa de infração de 2,87%, numa média de 169 infrações por dia.

Para além da fiscalização, a campanha integra uma componente de sensibilização. Estudos científicos demonstram que numa colisão a 50 km/h, uma pessoa sem cinto é projetada exercendo uma força de duas toneladas, podendo causar trauma grave nos ocupantes do veículo, em particular os da frente. Numa colisão frontal à mesma velocidade, uma criança pode sofrer lesões equivalentes a uma queda de um terceiro andar. Está igualmente comprovado que o uso do capacete devidamente apertado e ajustado reduz em 40% o risco de morte em caso de acidente.

Utilizar sempre uma cadeirinha homologada e adaptada ao tamanho e peso da criança, devidamente instalada, usar sempre o cinto de segurança, em todos os lugares do veículo, e em todos os percursos, mesmo nos de curta distância, assim como quem anda de mota estar munido de capacete de modelo aprovado devidamente ajustado e apertado, foram recomendações deixadas para prevenir consequências mais graves dos acidentes.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.