emissão em direto

Conferência “Conhecer (melhor) para investir (bem) no Turismo do Oeste”

“Conhecer (melhor) para investir (bem) no Turismo do Oeste” é o tema de uma conferência-debate a ter lugar no dia 4 de outubro, entre as 9h30 e as 13h, no auditório da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha.

“Conhecer (melhor) para investir (bem) no Turismo do Oeste” é o tema de uma conferência-debate a ter lugar no dia 4 de outubro, entre as 9h30 e as 13h, no auditório da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha.

Trata-se do arranque de uma série de sessões de sensibilização do Observatório do Turismo Sustentável do Centro de Portugal (OTSCP), a realizar em outubro e novembro no Oeste, Beira Baixa, Beiras e Serra da Estrela, Região de Coimbra, Viseu Dão Lafões, Região de Leiria, Médio Tejo e Região de Aveiro.

A ação nas Caldas da Rainha abordará o OTSCP como fator de competitividade do turismo na região Oeste, sendo uma organização do Turismo Centro de Portugal, OTSCP, Politécnico de Leiria (Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar), Citur – Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo, Comunidade Intermunicipal do Oeste, AIRO – Associação Empresarial da Região Oeste e MediOeste Comunicação e Turismo (que engloba o Jornal das Caldas e a Rádio Mais Oeste).

A sessão de abertura contará com Vitor Marques, presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, e Jorge Barosa, presidente da AIRO.

Segue-se o painel “A monitorização do turismo como fator estratégico para a competitividade dos destinos: o caso do Oeste”, moderado por Paulo Almeida, professor coordenador do Politécnico de Leiria.

“O conhecimento holístico das múltiplas realidades do turismo como fator de inovação e competitividade dos destinos turísticos”, será o tema focado por Jorge Loureiro, membro da Comissão Executiva do Turismo Centro de Portugal.

“O OTSCP e o seu contributo para a qualidade e a sustentabilidade do turismo do Oeste” será desenvolvido por Francisco Dias, coordenador do OTSCP.

“A monitorização como elemento de suporte do desenvolvimento regional e local” será focado por José Coutinho, da Leader Oeste – Associação de Desenvolvimento Rural.

Pelas 11h30 arranca a mesa redonda “A cooperação de âmbito municipal e o desenvolvimento de sistemas de informação estratégica para o desenvolvimento do turismo”, com moderação de Francisco Gomes, jornalista do Grupo MediOeste.

São convidados Laura Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Henrique Bertino, presidente da Câmara Municipal de Peniche, Hermínio Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Filipe Daniel, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, e Walter Chicharro, presidente da Câmara Municipal de Nazaré.

Na sessão de encerramento estarão Pedro Folgado, presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste, e Carlos Rabadão, presidente do Politécnico de Leiria.

“Repensar o Turismo”

A Organização Mundial do Turismo escolheu “Repensar o Turismo” como tema deste ano do Dia Mundial do Turismo (27 de setembro). Com este mote, pretende “colocar as pessoas e o planeta em primeiro lugar e reunir todos, desde governos e empresas até comunidades locais, em torno de uma visão partilhada para um setor mais sustentável, inclusivo e resiliente”.

Partindo desta premissa, Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, refere que “repensar o turismo é pôr a criatividade ao serviço das populações”. “É fundamental que todos os agentes da atividade turística, em conjunto, assumam que o turismo de nada serve se não contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações e tornem assim esta atividade ainda mais aliciante e geradora de desenvolvimento”, faz notar.

O “Manifesto para o Turismo Sustentável do Centro de Portugal” resulta do projeto que pretende afirmar o Centro de Portugal como um território sustentável, valorizando a sua autenticidade e a sua diversidade.

O Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo na Região Centro do país. “Esta é a maior e mais diversificada área turística nacional, abrangendo 100 municípios, e tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa. É a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e spas idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias”, aponta a instituição.

Últimas Notícias

MDM quer combate à violência contra as mulheres 

O Movimento Democrático de Mulheres (MDM) assinalou a 25 de Novembro o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, tendo realizado um jantar-debate na sede do Clube Recreativo Delgadense, na Delgada, no Bombarral e, na véspera, a distribuição de informação no Agrupamento de Escolas Fernão Pó, na vila.

Governador rotário visita clube local

O Rotary Club das Caldas da Rainha recebeu o Governador do Distrito 1960, Vitor Cordeiro, para uma visita de trabalho, no passado dia 14, numa deslocação que teve o seu início na rotunda Rotary (junto ao Continente), onde se fez uma fotografia de grupo junto ao marco rotário.

Água distinguida pela qualidade

A Câmara Municipal do Cadaval voltou a ser contemplada com o “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano” no âmbito da 17.ª Expo Conferência da Água, realizada em Lisboa, no passado dia 22. A autarquia recebe assim, mais uma vez, a distinção que enaltece a qualidade da sua água. A atribuição deste galardão […]

Frederico Silva novamente finalista no Japão 

Chegou ao fim a digressão asiática do atleta caldense Frederico Silva e no quarto e último torneio disputado na cidade japonesa de Yokkaichi, o jogador do Clube de Ténis das Caldas da Rainha voltou a atingir a final do torneio de categoria 80 do ATP Challenger Tour.