emissão em direto

Doces e licores conventuais no mosteiro

De 17 a 20 de novembro, Alcobaça esteve no mapa internacional dos eventos gastronómicos de excelência com a 24ª edição da Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais.

De 17 a 20 de novembro, Alcobaça esteve no mapa internacional dos eventos gastronómicos de excelência com a 24ª edição da Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais.

Alcobaça tem, na doçaria conventual, um legado riquíssimo, herdeiro das tradições gastronómicas dos monges e monjas de Cister, senhores dos antigos Coutos de Alcobaça com mais de oito séculos de ocupação na região. Permanecem até aos dias de hoje as famosas cornucópias, o Pão-de-Ló de Alfeizerão, as trouxas de ovos, a Ginja de Alcobaça, entre muitas outras delícias de tradição conventual.

No concurso “Melhor Doce Conventual” foi distinguido com o primeiro prémio o “Manjar Real”, da pastelaria Alcôa (Alcobaça), recebendo menções honrosas o “Pão de Ló de Alfeizerão, do Atelier do Doce (Alcobaça), o “Papão d’Anjo”, da Casa dos Doces Conventuais (Alcobaça) e o “Pralines Belges”, da Abadia de Herkenrode (Bélgica).

O prémio de Melhor Compota foi atribuído à “Compota de Pêssego com Menta Fresca”, das Monjas Cistercienses de São Bento da Porta Aberta (Rio Caldo).

O Melhor Licor Conventual foi considerado o “Licor de Singeverga”, do Mosteiro de Singeverga (Santo Tirso”.

A iniciativa foi realizada em pleno Mosteiro de Alcobaça, que serviu de “tela” a uma experiência visual consumada com o espetáculo de vídeomapping “Alcobaça – Terra de Paixão”, que coloriu os 200 metros de comprimento da fachada do monumento.

“Trata-se de uma oportunidade privilegiada para saborear o melhor da nossa tradição gastronómica conventual, assim como das melhores casas portuguesas e estrangeiras da especialidade”, evidenciou o presidente da Câmara de Alcobaça, Hermínio Rodrigues.

Para o autarca, a simultaneidade da inauguração do Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, no Claustro do Rachadouro, espaço que foi palco de sessões de showcooking e música ao vivo por bandas filarmónicas, orquestras e associações culturais do concelho de Alcobaça, era motivo de dupla alegria.

“Não tenho a menor dúvida de que todo o território irá beneficiar desta nova unidade hoteleira de cinco estrelas, alargando o leque de segmentos de turismo como também atraindo todo um novo mercado de congressos e eventos sectoriais e empresariais. Representa uma oportunidade única de desenvolvimento e dinamização de todo o concelho”, declarou o presidente da Câmara.

Últimas Notícias

MDM quer combate à violência contra as mulheres 

O Movimento Democrático de Mulheres (MDM) assinalou a 25 de Novembro o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, tendo realizado um jantar-debate na sede do Clube Recreativo Delgadense, na Delgada, no Bombarral e, na véspera, a distribuição de informação no Agrupamento de Escolas Fernão Pó, na vila.

Governador rotário visita clube local

O Rotary Club das Caldas da Rainha recebeu o Governador do Distrito 1960, Vitor Cordeiro, para uma visita de trabalho, no passado dia 14, numa deslocação que teve o seu início na rotunda Rotary (junto ao Continente), onde se fez uma fotografia de grupo junto ao marco rotário.

Água distinguida pela qualidade

A Câmara Municipal do Cadaval voltou a ser contemplada com o “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano” no âmbito da 17.ª Expo Conferência da Água, realizada em Lisboa, no passado dia 22. A autarquia recebe assim, mais uma vez, a distinção que enaltece a qualidade da sua água. A atribuição deste galardão […]

Frederico Silva novamente finalista no Japão 

Chegou ao fim a digressão asiática do atleta caldense Frederico Silva e no quarto e último torneio disputado na cidade japonesa de Yokkaichi, o jogador do Clube de Ténis das Caldas da Rainha voltou a atingir a final do torneio de categoria 80 do ATP Challenger Tour.