emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Enoturismo pela Companhia Agrícola do Sanguinhal

Fundada em 1928 por Abel Pereira da Fonseca, a Companhia Agrícola do Sanguinhal tem vindo a diversificar a sua oferta de modo a difundir o seu património e o seu legado, mas também para promover o melhor que a região tem para oferecer. Numa empresa de núcleo familiar, só fazia sentido as experiências oferecidas serem próximas do consumidor e transmitirem a sua história. É este património histórico deixado por Abel Pereira da Fonseca que é partilhado com um consumidor cada vez mais informado, interessado e observador.

A Companhia Agrícola do Sanguinhal tem três Quintas: Quinta de São Francisco, Quinta do Sanguinhal e Quinta das Cerejeiras. A Quinta do Sanguinhal e a Quinta das Cerejeiras oferecem diversos programas diversos, em plena natureza.

Na Quinta das Cerejeiras está a residência da família de Abel Pereira da Fonseca, ponto de destaque na vila do Bombarral, exemplo de arquitetura da primeira metade do século XX da autoria do arquiteto Norte Júnior. Aqui, encontram-se também a Capela Madre Deus do séc. XVI e azulejaria do séc. XVIII. No espaço museológico existem ferramentas que descrevem a economia e sociedade da época. A Quinta das Cerejeiras dispõe de diversos pacotes que permitem realizar a visita às vinhas e provar um ou mais vinhos, fazer passeios de bicicleta por entre pomares e vinhas, entre outras diversões.

E quem aluga uma bicicleta bem pode ir até à Quinta do Sanguinhal, a 1,7km das Cerejeiras. Neste local centenário, os espaços transbordam história e património. Pode-se reservar uma visita guiada pelos jardins e a destilaria de alta capacidade do século XIX. Este espaço pode servir para apresentações de empresas, exposições, seminários, receções e até cerimónias de casamento. A cave de envelhecimento (Sala dos 36) é uma das mais antigas da região de Lisboa ainda em utilização.

Já a prova de seis vinhos acontece num dos maiores e mais antigos lagares de prensa de vara e fuso da Península Ibérica, datado de 1871.

Além desta oferta, é ainda possível reservar uma visita guiada com refeição incluída, que conta com uma prova de vinhos comentada e uma ementa confecionada pela família da Quinta do Sanguinhal. Aqui inclui-se o programa de piquenique: jardins românticos, garrafa vinho à escolha entre os propostos, passeio pela mata, “piscina”, entre um leque de ofertas diversificado, que permite “viajar” na história e património, ao encontro do enoturismo, encarado como um fator-chave no desenvolvimento territorial e como divulgador do património tangível e intangível.

Haverá um “open day” no dia 3 de julho, na Quinta do Sanguinhal.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.