emissão em direto

ESAD.CR lança mestrado em Design para a Saúde e Bem-Estar

A Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha lançou o mestrado em Design para a Saúde e Bem-Estar, que é pioneiro no domínio do design de produtos, soluções, plataformas, apps e serviços inovadores nessa área, com o objetivo de promover a qualidade de vida.

Este mestrado segue uma tradição de experimentação interdisciplinar caraterística da escola superior, ao integrar numa formação conteúdos programáticos que cruzam o domínio do design com os conhecimentos das áreas das ciências da vida e da engenharia.

O objetivo principal deste mestrado consiste em formar profissionais de projeto com conhecimentos e competências interdisciplinares para integrar equipas e atuar em situações complexas e de mudança. Deverão ser capazes de identificar problemas, apresentar propostas e desenvolver novas soluções e experiências que atuem no suporte, na otimização e promoção da saúde e do bem-estar do indivíduo e das sociedades, bem como numa forma de vida sustentável e responsável.

Pretende-se valorizar a diversidade de percursos, interesses e motivações dos estudantes, orientando-os na construção de um projeto individual.

Ao longo de toda a formação haverá contato com designers, investigadores, profissionais de saúde, engenheiros, empresários e decisores. Além disso, a escola superior tem parcerias com empresas e instituições nacionais e internacionais que operam nas áreas da saúde, do bem-estar, do design e das tecnologias.

“A humanidade está a enfrentar uma crise global, única numa geração. Tal como outras áreas, o design é chamado a servir a sociedade e os cidadãos na procura de soluções que ajudem na defesa, deteção e diagnóstico de doenças, no acompanhamento e informação às populações em isolamento, no teletrabalho, no ensino à distância, na promoção da vida social dos jovens e na parentalidade. Mais do que nunca, o design deve ser um agente ativo de progresso e mudança. Deve contribuir com o seu conhecimento, metodologias e criatividade para reinventar o mundo onde iremos viver, sendo parte fundamental repensar os sistemas de saúde, economia, política, cultura e vida social, sem esquecer as desigualdades da nossa sociedade contemporânea”, manifesta Elga Ferreira, coordenadora do curso.

Com duração de dois anos, em regime diurno, tem vinte vagas para o contingente geral e cinco para estudantes internacionais.

Na ESAD.CR existem mestrados de Artes do Som e da Imagem, Artes Plásticas, Design de Produto, Design Gráfico e Gestão Cultural.

Últimas Notícias

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

Barco de pesca encalhou na Consolação

Um barco de pesca encalhou na madrugada desta terça-feira a sul da Consolação, ao largo de Peniche, com cinco pescadores a bordo, que conseguiram chegar a terra sem problemas numa balsa salva-vidas.

VMER volta a ter mais saídas para situações de trauma

A Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) das Caldas da Rainha no serviço de urgência do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) voltou à situação “normal” de seis a sete saídas por turno de oito horas, número que havia reduzido nos dois últimos anos de pandemia. No dia 15 de maio foi celebrado o 20º aniversário da VMER.