emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Escola de Karting do Oeste reforça liderança

A Escola de Karting do Oeste (EKO), sedeada no Bombarral, em parceria com a Birel ART Portugal, impôs-se em três categorias do Rotax Max Challenge Portugal, cujos vencedores ficam apurados para o ‘Mundial’ da especialidade, competição que reúne 360 pilotos de 60 países e que este ano será disputada entre 11 e 18 de dezembro, no Circuito Internacional do Bahrain.

No Kartódromo de Baltar, a EKO/Birel ART Portugal foi uma das principais protagonistas da terceira prova do Rotax Max Challenge Portugal – vulgo Troféu Rotax –, que reuniu mais de 60 participantes, já que venceu e reforçou a liderança em três categorias.

Na DD2 Master, cujos karts estão equipados com caixa de velocidades, categoria destinada a pilotos com mais de 32 anos, o belga Fabio Kieltyka venceu duas finais e foi segundo noutra, pelo que reforçou a liderança na competição, enquanto o seu compatriota Charles Delbrassine, que se iniciou no karting esta época e com 60 anos, disputou, na pista localizada no concelho de Paredes, a sua terceira prova oficial, sendo oitavo classificado. Aya Delbrassine, de apenas 9 anos, também cumpriu a sua terceira prova oficial de Karting e prosseguiu a sua evolução, sendo a única piloto feminina na categoria Micro-Academy.

Na categoria Mini-Max, a equipa do Bombarral também é agora mais líder, graças a Salvador Trindade, que bateu toda a concorrência e somou a sexta vitória.

Na categoria Sénior Max, a mais concorrida com 20 pilotos, Frederico Peters – apesar de ainda estar a recuperar de uma fratura numa mão – com um terceiro lugar e uma vitória somou os pontos necessários para garantir o lugar mais alto do pódio em Baltar, o que permitiu ao piloto da EKO/Birel ART Portugal isolar-se na liderança da competição

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.