emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Escola de Sargentos do Exército celebrou 40 anos

Decorreram no passado dia 2 as comemorações do 40o aniversário da Escola de Sargentos do Exército, nas Caldas da Rainha.

O dia festivo iniciou-se com o tradicional hastear da bandeira nacional, cerimónia que contou com a presença de uma secção de alunos do 2.o Curso de Formação de Sargentos do Regime de Voluntariado e Regime de Contrato de 2020. O diretor de formação do Exército, major general Matos Alves, presidiu às comemorações, que decorreram num formato mais restrito, devido à situação vigente de pandemia. O ponto alto das celebrações coincidiu com a cerimónia de homenagem aos mortos pela pátria, pelo alto significado que ostenta e pelo forte simbolismo de honra, orgulho e continuidade do exemplo entre as gerações, daqueles que serviram e servem na instituição militar. Posteriormente, foi inaugurada a exposição fotográfica “40 anos de Vontade e Saber”, que terá continuidade no Centro Comercial La Vie de 18 a 30 de junho, precedendo uma pequena cerimónia militar no auditório, que contou com a imposição de condecorações e com intervenções do comandante da Escola de Sargentos do Exército e do diretor de formação, que enalteceu a relevância do trabalho desenvolvido pelo estabelecimento de ensino em prol de Portugal. A cerimónia do arriar da bandeira nacional terminou o dia festivo.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.