Exposição “O Diabo não é tão feio como o pintam!

O Politécnico de Leiria e o Atelier-Museu Júlio Pomar apresentam a exposição “O Diabo não é tão feio como o pintam! – Desenhos de Júlio Pomar”, na Biblioteca José Saramago, em Leiria, e na Biblioteca da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR), até dia 10 de fevereiro. A exposição coloca […]

O Politécnico de Leiria e o Atelier-Museu Júlio Pomar apresentam a exposição “O Diabo não é tão feio como o pintam! – Desenhos de Júlio Pomar”, na Biblioteca José Saramago, em Leiria, e na Biblioteca da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR), até dia 10 de fevereiro.

A exposição coloca a tónica na produção do desenho como meio estruturante de toda a obra do artista.

Na sala de exposições da Biblioteca da ESAD.CR mostram-se desenhos da série que Júlio Pomar realizou para e a partir da obra literária de Tolstoi. Nos anos 1950, Júlio Pomar ilustrou uma edição de Guerra e Paz que seria distribuída em fascículos. No entanto, a circulação desses fascículos viria a ser proibida pela PIDE. 

Júlio Pomar nasceu em 1926, em Lisboa. Frequentou a Escola de Artes Decorativas António Arroio e as Escolas de Belas-Artes de Lisboa e Porto, tendo participado em 1942 numa primeira mostra de grupo, em Lisboa, e realizado a primeira exposição individual em 1947, no Porto, onde apresentou desenhos. Nesses anos a sua oposição ao regime de Salazar acarretou-lhe uma estada de quatro meses na prisão, a apreensão de um dos seus quadros pela polícia política e a ocultação dos frescos com mais de 100 metros quadrados, realizados para o Cinema Batalha no Porto. Permanece em Portugal até 1963, ano em que se instala em Paris. Viveu e trabalhou entre Paris e Lisboa até falecer, em maio de 2018, em Lisboa.

Últimas Notícias

Funcionária acusada de desviar dinheiro de taxas moderadoras

O Ministério Público deduziu acusação contra uma mulher que exerceu funções no serviço de atendimento complementar da Nazaré, pertencente ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Norte, e que nesse âmbito está indiciada da prática de crimes de peculato e de recebimento indevido de vantagem.

Radiocomunicações de barcos fiscalizadas

A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) levou a cabo no último trimestre de 2021 um conjunto de ações de fiscalização com a Polícia Marítima, numa zona compreendida entre os portos de Caminha e Peniche.

Uma semana com mais 5 mortes e mais 1172 casos ativos no Oeste

Os dados divulgados até à noite de 10 de fevereiro davam conta que no total, desde o início da pandemia, foram registados 831 óbitos (mais 5 em relação à semana passada) na região Oeste associados à Covid-19. O concelho de Torres Vedras era onde se verificava o maior número de falecimentos, que ascendem a 197 […]