emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Exposição “Toalha, Café e Vinho sobre a Mesa”

Desde o dia 9 de junho que a exposição "Toalha, Café e Vinho sobre a Mesa", de Jorge Mangorrinha, está patente no Café Maratona, nas Caldas da Rainha, com novos quadros relativamente à exposição anterior na Casa Antero, em maio, e à exposição/instalação “Viagem ao Centro da Cidade", que em abril esteve na galeria do Centro Turismo.

A novidade são três obras pintadas recorrendo apenas a café derramado em toalha de papel, numa alusão ao espaço de cafetaria do Maratona. Transitam a pintura “100/Sem Aquistas”, feita a pincel e com café e vinho, numa alusão ao termalismo caldense, e duas outras de origem abstrata a partir da mesma conjugação do vinho com o café derramados sobre papel texturado. “Estou convicto de que a arte se torna possível através de todas as formas de produção, que encontram suporte e plena liberdade de expressão e ação. Nesta técnica, há sempre da minha parte a tentativa de descoberta do processo de passagem do abstrato ao figurativo, quando finalizo cada obra. Diria que parto do abstrato para criar algo com acrescido caráter simbólico e expressivo”, descreve Jorge Mangorrinha. “Coloco toalhas de papel na mesa e sem objetivo prévio e com movimentos bruscos o material é lançado com espontaneidade. A partir de uma relação corporal com a pintura, talvez estas obras sejam gestuais e performativas, na sua produção, talvez sejam pintura de ação. Há liberdade, subjetivismo, improvisação e espontaneidade”, relatou o autor, que é pós doutorado em turismo e doutorado em urbanismo, professor em turismo e quadro superior da Câmara Municipal de Lisboa no pelouro do urbanismo.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.