emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Fórum de Turismo Interno no CCC

A 7ª edição do Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”, nesta quarta-feira, 26 de maio, terá como base o Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha, onde os participantes nacionais farão as suas intervenções.

Os espetadores, com inscrição gratuita, acompanharão todas as sessões via streaming em www.veportugal.com.pt

O evento terá três painéis com temas particularmente atuais, em que intervirão especialistas nacionais e internacionais. Destaca-se a presença de Rita Marques, secretária de estado do Turismo, na sessão de abertura, às 9h30, e de Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo de Portugal, no encerramento, às 17h30.

No painel 1, com os cinco presidentes das Entidades Regionais de Turismo (ERT’s), procurará fazer-se uma avaliação à Lei 33/2013 (que define o atual regime jurídico da organização e funcionamento das ERT’s), numa análise das atuais competências, autonomia e mapa administrativo, com o objetivo de se definir propostas para o futuro.

Sendo o Município das Caldas da Rainha anfitrião do evento, e não sendo possível uma visita presencial ao concelho, no painel 2 pretende dar-se a conhecer a todos os congressistas os seus principais ativos turísticos, assim como, proporcionar uma visita virtual aos seus principais pontos turísticos.

As tendências na promoção e estruturação turística nacional pós-Covid-19 serão abordadas no painel 3, e a comercialização e vendas no painel 4

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.