Geoparque Oeste quase a fazer parte da rede mundial da Unesco

No final de março o conselho executivo da Unesco deverá aprovar a integração do Oeste na Rede de Geoparques Mundiais deste organismo, revelou o coordenador executivo da Associação Geoparque Oeste, Miguel Reis Silva.

No final de março o conselho executivo da Unesco deverá aprovar a integração do Oeste na Rede de Geoparques Mundiais deste organismo, revelou o coordenador executivo da Associação Geoparque Oeste, Miguel Reis Silva.

Em setembro o Conselho Executivo do Programa de Geoparques Mundiais da Unesco aprovou por unanimidade a candidatura de forma preliminar. Isto depois do resultado do relatório de uma visita técnica ao território efetuada em julho.

“A aprovação por unanimidade demonstra a solidez da candidatura e deste território”, comentou Miguel Reis Silva, no dia 25 janeiro, na Escola de Hotelaria do Oeste (EHTO), à margem da apresentação da newsletter criada pela associação, na qual vai passar a estar agregada toda a informação da entidade. Para a receber basta fazer a inscrição no site da associação (www.geoparqueoeste.com).

Com uma periodicidade mensal, a newsletter será distribuída sempre no dia 25 e conterá todas as comunicações que for produzindo sobre as atividades do geoparque e o seu património, mas não só.

Será dividida em seis seções, desde os destaques do mês a um barómetro mensal sobre as atividades realizadas e qual o objetivo de desenvolvimento sustentável (ODS) a que cada uma delas está associada.

Cada um dos geosítios do Oeste será apresentado mensalmente e haverá também um espaço dedicado a outros geoparques nacionais e internacionais. Na primeira edição o destaque vai para a Capela de Santa Ana, em Salir do Porto, e o geoparque Naturtejo.

Para além da apresentação da newsletter, foram entregues os diplomas do terceiro curso de geoguias, que se realizou em parceria com a EHTO e a empresa de animação turística Intertidal.

Estas formações são gratuitas e pretendem formar guias e intérpretes do património existente no Geoparque Oeste. Na terceira edição participaram 33 pessoas.

A quarta edição está atualmente a decorrer e termina a 4 de fevereiro. Nestas quatro edições já houve mais de 100 formandos.

O diretor da EHTO, Daniel Pinto, destacou a rede colaborativa criada em volta do geoparque e a importância de colaborarem neste curso tão importante para o turismo na região.

Nesta fase inicial o Geoparque Oeste inclui uma área de aproximadamente 1,154 km2, de seis municípios: Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Peniche e Torres Vedras.

Dos 50 geosítios da região, 36 têm já instaladas as “mesas interpretativas” onde é possível aceder a informação sobre cada um dos locais. Já foram lançadas 11 rotas temáticas, as quais podem ser acedidas através de smartphone.

Segundo Miguel Reis Silva, alguns dos municípios da região que não aderiram na região estão agora em conversações com a associação para passar a integrá-la. Alenquer e Óbidos estão atualmente a concluir o processo de adesão à associação e serão incluídos numa segunda fase do geoparque. “São dois municípios muito ricos em geosítios e com os quais podemos dar continuidade ao território”, salientou o responsável.

Últimas Notícias

Rampa Foz do Arelho

Com uma valiosa lista de inscritos, composta por 55 concorrentes a competirem pela classificação nas categorias desportivos, clássicos e protótipos, e no cenário deslumbrante da Foz do Arelho, no passado domingo realizou-se uma das mais tradicionais provas de Regularidade Sport Plus de Rampa, que integram o calendário da Series by NDML 2024, organizada pelo Núcleo Desportos Motorizados de Leiria.

Câmara do Cadaval rejeita críticas ao apoio a corrida de galgos

A Câmara Municipal do Cadaval defendeu que a corrida de galgos realizada no passado dia 21 no concelho “não infringiu qualquer normativo legal em vigor”, pelo que a autarquia não se revê na forma nem no conteúdo dos comentários proferidos, que a acusavam de pactuar com uma iniciativa que maltratava os animais.

Mostra Coletiva de Arte Visual

De 11 de maio a 1 de junho estará patente na Galeria de Exposições do Espaço Turismo das Caldas da Rainha e Restaurante Coletivo, ao lado, uma mostra coletiva de arte visual.

Conversa e eco-caminhada em Salir do Porto

A Ágora – Associação Ambiental, em parceria com o Geoparque Oeste (Geoparque Mundial da UNESCO), vai realizar uma conversa sobre a bio e geodiversidade de Salir do Porto. Seguir-se-á uma eco-caminhada, apanhando o que for encontrado pelo caminho, com o apoio da Quinta de Salir (Associação Pelicano Radiante).

António Morgado ganha etapa em Espanha

No espaço de uma semana, o ciclista caldense António Morgado voltou a ganhar no estrangeiro, desta vez triunfando na segunda etapa da Volta às Asturias, em Espanha, no passado dia 27.