emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Gerardo Rodrigues prepara segundo álbum de originais

A pandemia mudou a vida dos artistas musicais, obrigando-os a reinventarem-se ou a redescobrirem-se, tendo Gerardo Rodrigues, de Peniche, com 35 anos de carreira a tocar, compor e gravar para outros artistas, a aproveitar para, agora com tempo disponível, apostar na sua faceta de músico, pianista e compositor.

Desempenhando na última década as funções de professor de piano e diretor pedagógico da Academia de Música Estrela do Mar de Peniche, desde o confinamento de março de 2020 Gerardo Rodrigues reuniu vários temas que, ao longo dos últimos anos, estavam guardados numa pasta do telemóvel, criou mais alguns e gravou o seu primeiro trabalho de originais, no género “instrumental contemporâneo”, intitulado “Improvisos”.

Sem conseguir efetuar o concerto de apresentação ao vivo, devido às restrições, não desistiu e fê-lo online, com toda a sua equipa de músicos e técnicos, como se de um concerto com público presente se tratasse.

Em outubro de 2020, com algum alívio nas medidas, esgotou o Grande Auditório do CCC, nas Caldas da Rainha, e em dezembro reuniu os seus colegas músicos e técnicos e organizou um novo concerto online, para angariação de fundos para a União Audiovisual. Já este ano esgotou o auditório da AMAL na Lourinhã.

Está a preparar o seu segundo álbum de originais, “Estado de Alma” – com lançamento marcado para setembro, tendo vindo a desvendar quatro videoclipes.

Em abril juntou-se a Sofia Miradouro (voz) e Jorge Mangorrinha (letra) para criar um tema independente, chamado “Respirar”, onde evocam a esperança no futuro pós-pandémico. O vídeo, filmado nas várias paisagens naturais de Peniche, pode ser visto nas plataformas digitais.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.