emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Golfinho morto na Praia do Salgado

Um golfinho morto deu à costa na manhã da passada sexta-feira na Praia do Salgado, na Nazaré.

O alerta foi dado por uma popular, tendo sido contactada a capitania do porto da Nazaré e o Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (CRAM), mas uma vez que o mamífero já não estava vivo a responsabilidade da remoção foi da câmara municipal.

Segundo o CRAM, “alguns arrojamentos têm causas como captura acidental em artes de pesca, emaranhamento em redes fantasma, ingestão de lixos, colisão com embarcações ou petroleamento. Outros podem arrojar devido a ferimentos causados por tubarões ou outros predadores naturais. Muitos animais arrojam devido a doenças, incluindo doenças virais ou bacterianas”.

“Por vezes, também ocorrem arrojamentos devido a intoxicação devido a toxinas no ambiente, quer sejam naturais ou induzidas pelo ser humano. Os animais jovens que possam ter sido prematuramente separados das suas mães ou ainda inexperientes arrojam porque não tiveram sucesso em encontrar alimento”, adianta.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.