emissão em direto

Inventariação de borboletas noturnas na Mata Municipal

No decorrer do trabalho de inventariação das borboletas noturnas da Mata Municipal do Bombarral, durante o mês de julho, foi detetada a presença de uma pequena borboleta noturna, a Dasycera oliviella (Fabricius, 1794). Esta espécie, que pertence à família Oecophoridae, é inserida no que se designa de micro borboletas. Apesar das cores garridas e padrões […]

No decorrer do trabalho de inventariação das borboletas noturnas da Mata Municipal do Bombarral, durante o mês de julho, foi detetada a presença de uma pequena borboleta noturna, a Dasycera oliviella (Fabricius, 1794). Esta espécie, que pertence à família Oecophoridae, é inserida no que se designa de micro borboletas. Apesar das cores garridas e padrões singulares, esta borboleta tem apenas cerca de 8mm de comprimento.

Com uma distribuição em Portugal Continental a norte do rio tejo e poucos registos na zona Oeste, é uma espécie típica de florestas maduras, em particular de carvalhos, onde a lagarta se alimenta de madeira em decomposição, contribuindo assim para a renovação do solo florestal.
Desde março de 2021 que tem vindo a ser efetuado o levantamento das espécies de borboletas noturnas que ocorrem na Mata Municipal do Bombarral. Este trabalho insere-se também no projeto Rede de Estações de Borboletas Noturnas, que tem como coordenador geral Helder Cardoso.
Em Portugal existem mais de 2800 espécies de borboletas conhecidas. Ao contrário das borboletas diurnas, o estudo das borboletas noturnas pode ser realizado com recurso a um método passivo de elevado sucesso, e que se apoia na sua atração com recurso a armadilhas luminosas. Estas armadilhas consistem num meio atrativo (uma lâmpada especial e um contentor onde as borboletas entram até serem examinadas, identificadas e contadas). Se esta armadilha funcionar no mesmo local em períodos alargados de tempo, é denominada por “estação”.
Qualquer pessoa individual, ou grupo, pode criar a sua própria estação. Basta adquirir ou construir uma caixa de amostragem e lâmpada adequada e começar a registar as borboletas que aparecem. Uma estação pode ser criada tanto em ambiente mais urbano, num jardim ou varanda, por exemplo, como num local mais remoto e natural.

Últimas Notícias

Unidades hoteleiras nomeadas para os prémios Publituris

O The Literary Man Óbidos Hotel (categoria melhor hotel de 4 estrelas), o Rio do Prado (categoria melhor hotel de 3 estrelas) e o Royal Óbidos Spa & Golf Resort (categoria melhor campo de golfe) estão nomeados para os prémios Publituris Portugal Travel Awards – 2022, a maior distinção turística a nível nacional, cujos vencedores serão divulgados no dia 18 de outubro.

Novo presidente do Politécnico quer afirmação como Universidade

“Após 40 anos de existência do Instituto Politécnico de Leiria, defendo que reunimos hoje as condições para nos afirmarmos como Universidade, que para além do ensino politécnico, ministre também o ensino universitário, podendo outorgar todos os graus académicos previstos na lei”, afirmou Carlos Rabadão, após ser empossado presidente do Politécnico de Leiria no dia 22 de setembro.

Festival de Insufláveis assinala regresso às aulas

De forma a assinalar o início de um novo ano letivo, o Município de Óbidos, com a colaboração da FADL – Federação das Associações Juvenis do Distrito de Leiria e da Associação Óbidos Dance, pretende proporcionar às crianças um dia diferente, cheio de atividade física e diversão.

Festival Eutopia no golfe do Bom Sucesso Resort

O Bom Sucesso Resort, junto à Lagoa de Óbidos, vai receber a primeira edição do festival Eutopia, um evento que pretende unir a arte, a arquitetura e o golfe. A iniciativa dedicada à cultura contemporânea vai decorrer nos dias 1 e 2 de outubro e destaca-se, entre outros aspetos, pelo local definido para a sua […]