emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Leonor Gaião venceu Concurso Nacional de Pastelaria e vai aos Europeus

Leonor Gaião, aluna do Curso de Gestão e Produção de Pastelaria na Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO), polo de Óbidos, de 24 anos, natural de Vila Franca de Xira e residente na Abrigada, concelho de Alenquer, conquistou o 1o lugar na prova de Pastelaria no XVI Concurso Nacional Interescolas do Turismo de Portugal, realizado em Vila Real de Santo António, entre 31 de maio e 2 de junho.

Para Daniel Pinto, diretor da EHTO, “este é o reconhecimento da qualidade da formação que é desenvolvida na escola, bem como, a distinção de uma área profissional – a pastelaria – que está na origem e criação do projeto educativo da EHTO em Óbidos”. O Interescolas, concurso anual em que participam as doze escolas da rede do Turismo de Portugal, reuniu 72 participantes – seis por instituição. Os alunos dividiram-se pelas doze categorias a concurso e mostraram as aprendizagens e as competências adquiridas nos respetivos cursos. A EHTO apresentou uma equipa constituída pelos seguintes alunos: Inês Sousa (turismo); Leonor Gaião (pastelaria); Maeva Lopes (Cozinha); Daniel Cardoso (barista); Maria Cordeiro (decatlon – cozinha fria); Andreia Mateus (empreendedorismo). Os professores Luís Tarenta e Marisa Rosa acompanharam os alunos. A aluna Leonor Gaião vai integrar a equipa das Escolas do Turismo de Portugal que irá participar no 34o Concurso Europeu da Associação Europeia das Escolas de Hotelaria e Turismo, em Tallinn, na Estónia, de 1 a 6 de novembro.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.