emissão em direto

Maior rede de tráfico de droga do Oeste foi desmantelada pela GNR

O Núcleo de Investigação Criminal de Caldas da Rainha da GNR deteve quatro homens e três mulheres que são apontados como constituírem “a maior rede de tráfico de droga da região Oeste”, liderada por um casal de Rio Maior, numa operação em que foram apreendidos mais de cem mil euros em estupefacientes.

O Núcleo de Investigação Criminal de Caldas da Rainha da GNR deteve quatro homens e três mulheres que são apontados como constituírem “a maior rede de tráfico de droga da região Oeste”, liderada por um casal de Rio Maior, numa operação em que foram apreendidos mais de cem mil euros em estupefacientes.

“A investigação da GNR decorria há cerca de um ano, tendo apurado que os suspeitos operavam em rede e que comercializavam a droga nos concelhos de Alcobaça, Bombarral, Caldas da Rainha, Óbidos, Porto de Mós e Rio Maior”, revelou o capitão Diogo Morgado, comandante do Destacamento Territorial de Caldas da Rainha.

Aos detidos, com idades entre 21 e 65 anos, juntaram-se outros quatro homens e uma mulher, com idades entre 31 e 47 anos, alguns dos quais também com antecedentes criminais por tráfico de estupefacientes, furto e roubo, que foram constituídos arguidos.

Na sequência de quatro mandados de detenção e 64 mandados de buscas, das quais 17 domiciliárias e 47 em veículos, terrenos, estabelecimentos e armazéns, foram apreendidas na passada quarta-feira 18.581 doses de heroína, 4.610 doses de cocaína e duas doses de haxixe, e ainda vinte comprimidos de metadona, produto de corte, cinco balanças de precisão, 17 veículos e 17.285 euros provenientes do tráfico. Não foram detetadas armas.

Para além do Destacamento Territorial de Caldas da Rainha a operação contou também com elementos do Destacamento de Intervenção de Leiria, do Grupo de Intervenção e Ordem Pública, e do Grupo de Intervenção Cinotécnico da Unidade de Intervenção da GNR, e da PSP.

Quatro dos detidos foram presentes a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Leiria, tendo ficado em prisão preventiva. Os restantes ficaram em liberdade a aguardar o desenvolvimento do processo judicial.

Últimas Notícias

MDM quer combate à violência contra as mulheres 

O Movimento Democrático de Mulheres (MDM) assinalou a 25 de Novembro o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, tendo realizado um jantar-debate na sede do Clube Recreativo Delgadense, na Delgada, no Bombarral e, na véspera, a distribuição de informação no Agrupamento de Escolas Fernão Pó, na vila.

Governador rotário visita clube local

O Rotary Club das Caldas da Rainha recebeu o Governador do Distrito 1960, Vitor Cordeiro, para uma visita de trabalho, no passado dia 14, numa deslocação que teve o seu início na rotunda Rotary (junto ao Continente), onde se fez uma fotografia de grupo junto ao marco rotário.

Água distinguida pela qualidade

A Câmara Municipal do Cadaval voltou a ser contemplada com o “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano” no âmbito da 17.ª Expo Conferência da Água, realizada em Lisboa, no passado dia 22. A autarquia recebe assim, mais uma vez, a distinção que enaltece a qualidade da sua água. A atribuição deste galardão […]

Frederico Silva novamente finalista no Japão 

Chegou ao fim a digressão asiática do atleta caldense Frederico Silva e no quarto e último torneio disputado na cidade japonesa de Yokkaichi, o jogador do Clube de Ténis das Caldas da Rainha voltou a atingir a final do torneio de categoria 80 do ATP Challenger Tour.