emissão em direto

Montepio Rainha D. Leonor implementou Plano de Poupança Energética

O Conselho de Administração do Montepio Rainha Dona Leonor implementou a partir deste mês um Plano de Poupança Energética e Hídrica, na instituição, que engloba medidas que pretendem reduzir o consumo energético da instituição em cerca de 7,5%.

O Conselho de Administração do Montepio Rainha Dona Leonor implementou a partir deste mês um Plano de Poupança Energética e Hídrica, na instituição, que engloba medidas que pretendem reduzir o consumo energético da instituição em cerca de 7,5%.

O plano, que seguirá uma metodologia de progressão baseada no custo e benefício de cada uma das medidas, prevê, entre outras, a instalação de sensores de movimento, o desligar de luzes não essenciais nas fachadas de todas as valências da instituição, como Casa de Saúde, Lar, Condomínio Residencial, instalações na Rua Columbano Bordalo Pinheiro a partir das 20h ou das 22h, desativação do sistema de rega do edifício da rua Columbano Bordalo Pinheiro e determinação de temperatura mínima e máxima de aquecimento e arrefecimento no condomínio, lar e casa de saúde.

Na lavandaria, entre outras medidas, será reavaliada a temperatura dos programas de lavagem e secagem, otimizado o uso das máquinas na capacidade máxima, programado o funcionamento de calandra, e substituídos os secadores a gás por elétricos.

Também se prevê a substituição na frota de dois veículos a combustão por dois elétricos, otimização do número de passageiros a transportar em cada veículo, substituição gradual da iluminação convencional por iluminação a LED, e de chuveiros convencionais por chuveiros eficientes, instalação coletores de águas pluviais, negociação dos contratos de fornecimento de eletricidade e gás, e a continuação da transformação digital da instituição.

A instalação de painéis fotovoltaicos e outras medidas estruturais, que segundo a instituição “ficam dependentes da disponibilização de fundos comunitários, não fazendo parte deste plano, mas sim do Plano de Sustentabilidade do Montepio”. “Estas medidas além de constituírem a nossa resposta imediata à crise de emergência energética e hídrica, que presentemente afeta a Europa e o mundo, integram de igual modo o Plano de Sustentabilidade, e sem a sua implementação, a sustentabilidade e o futuro do Montepio tendem a ficar comprometidos”, refere a instituição.

Últimas Notícias

MDM quer combate à violência contra as mulheres 

O Movimento Democrático de Mulheres (MDM) assinalou a 25 de Novembro o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, tendo realizado um jantar-debate na sede do Clube Recreativo Delgadense, na Delgada, no Bombarral e, na véspera, a distribuição de informação no Agrupamento de Escolas Fernão Pó, na vila.

Governador rotário visita clube local

O Rotary Club das Caldas da Rainha recebeu o Governador do Distrito 1960, Vitor Cordeiro, para uma visita de trabalho, no passado dia 14, numa deslocação que teve o seu início na rotunda Rotary (junto ao Continente), onde se fez uma fotografia de grupo junto ao marco rotário.

Água distinguida pela qualidade

A Câmara Municipal do Cadaval voltou a ser contemplada com o “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano” no âmbito da 17.ª Expo Conferência da Água, realizada em Lisboa, no passado dia 22. A autarquia recebe assim, mais uma vez, a distinção que enaltece a qualidade da sua água. A atribuição deste galardão […]

Frederico Silva novamente finalista no Japão 

Chegou ao fim a digressão asiática do atleta caldense Frederico Silva e no quarto e último torneio disputado na cidade japonesa de Yokkaichi, o jogador do Clube de Ténis das Caldas da Rainha voltou a atingir a final do torneio de categoria 80 do ATP Challenger Tour.