emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Ordem do Trevo pede ajuda para a iniciativa “Desembrulhar Sorrisos”

A Ordem do Trevo vai levar a efeito mais uma edição do “Desembrulhar Sorrisos”. O lançamento desta ação decorreu no dia 19 de novembro, no Prontos café e cowork, na Avenida 1º de Maio, nas Caldas da Rainha, e contou com a animação musical da banda caldense Twin Motion.

A Ordem do Trevo vai levar a efeito mais uma edição do “Desembrulhar Sorrisos”. O lançamento desta ação decorreu no dia 19 de novembro, no Prontos café e cowork, na Avenida 1º de Maio, nas Caldas da Rainha, e contou com a animação musical da banda caldense Twin Motion.

José Viegas, presidente da Ordem do Trevo, disse que a iniciativa Desembrulhar Sorrisos é já uma marca desta associação de solidariedade, que neste momento apoia 48 famílias (168 pessoas, das quais 74 são crianças). As famílias são ajudadas com a entrega de alimentos através dos cabazes e do apoio na área da saúde, nomeadamente na oftalmologia e saúde oral, em que são encaminhadas para médicos e dentistas que têm protocolo com a Ordem do Trevo.

Há cerca de sete anos um grupo de amigos teve a ideia de proporcionar um Natal um pouco melhor a muitas crianças e assim nasceu o “Desembrulhar sorrisos”. “Unimos a iniciativa à comunidade fazendo parcerias com os agrupamentos de escolas das Caldas, Colégio Rainha D. Leonor, entre outras entidades”, contou o responsável, acrescentando que todos os anos na época natalícia além do cabaz com alimentos têm entregue brinquedos às crianças mais carenciadas. 

Cada parceiro, empresa e amigo arranja uma caixa, coloca um cartaz do “Desembrulhar Sorrisos” e pede aos seus amigos e clientes para colocar lá um brinquedo novo, jogos, livros, gorros, cachecóis, entre outros, que servirão para oferecer a crianças e jovens. A população também pode contribuir com alimentos, como massa, arroz, enlatados, entre outros.

Segundo o presidente da Ordem do Trevo, dada a pandemia, “entendemos não fazer festa novamente este ano, mas sim entregar em simultâneo os cabazes de natal às famílias e os brinquedos a todas as crianças abrangidas”.

João Silva, diretor do Agrupamento de Escolas Raul Proença, referiu que têm nos últimos anos recolhido entre os alunos e suas famílias alimentos para fazer cabazes solidários do natal. A iniciativa tem sido um sucesso, de tal modo que também fizeram cabazes na páscoa. “A Ordem do Trevo não consegue arranjar tão facilmente todos os bens alimentares que são necessários para o cabaz e tem que recorrer à compra. Portanto, se dentro da comunidade podemos contribuir é uma grande ajuda”, apontou.

O diretor disse que na pandemia são os desfavorecidos que mais sofrem, daí ainda fazer mais sentido este momento especial proporcionado pela Ordem do Trevo. 

Pedro Brás, presidente da União de Freguesias de Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório, que também esteve presente na sessão, mostrou disponibilidade para ajudar a Ordem do Trevo, assim como ele próprio, enquanto empresário, para que a sua loja possa ser um ponto de recolha dos brinquedos.

Os brinquedos e cabazes alimentares serão entregues no dia 18 de dezembro, na Expoeste.

Número de sem abrigo na cidade aumentou

A vereadora Conceição Henriques destacou o trabalho solidário da Ordem do Trevo, revelando que a ação social do município não se restringe “ao apoio que damos às associações, nós próprios, através do Serviço Social, apoiamos famílias em diversas vertentes, não tanto nesta vertente da alimentação, mas com outro tipo de apoio”. “O que é importante é que os apoios sejam complementares”, adiantou.

A autarca revelou estar preocupada com a situação dos sem abrigo na cidade. “Tem-se vindo a agravar nos últimos tempos e existem pessoas que estão a dormir em prédios devolutos”, indicou, adiantando que estão a estudar soluções, porque não têm estruturas para poder acolher essas pessoas.

Últimas Notícias

Gaeiras reúne 100 artistas e cerca de 2000 presépios

De 8 a 26 de dezembro vai decorrer no Convento de São Miguel, nas Gaeiras, a 14ª Grande Exposição de Presépios. Durante estes dias, entre as 14 e as 18 horas, poderão ser vistas as obras de 100 artistas e apreciados cerca de dois mil presépios. A diversidade dos materiais, como o barro, a casca de ovo, a madeira, o ferro, o tecido, a joalharia, a cortiça, o vidro, ou até mesmo componentes eletrónicos, constitui uma atração.

EBI Santo Onobre quer incentivar utilização da bicicleta

No âmbito do Desporto Escolar (DE), a Escola Básica de Santo Onofre, nas Caldas da Rainha, aderiu ao projeto “DE sobre rodas”, que consiste em recolher bicicletas que sirvam para crianças, dos 5 aos 12 anos, ainda em condições para serem usadas, mesmo que precisem de uma pequena reparação.