emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Parlamento recomenda requalificação integral da Linha do Oeste

O Parlamento aprovou na passada 6ª feira um Projeto de Resolução do Bloco de Esquerda (BE) que recomenda ao Governo a requalificação integral da Linha do Oeste, de Meleças até ao Louriçal, e um conjunto de medidas para que esta linha possa responder às necessidades da população e ser competitiva com as alternativas rodoviárias.

Todos os grupos parlamentares votaram favoravelmente, com a exceção do CDS e da IL, que se abstiveram.

Estão em curso os trabalhos de requalificação da primeira fase, no troço que liga a linha de Sintra a Torres Vedras e o Governo já fez o concurso público para a segunda fase, de Torres Vedras até Caldas da Rainha, mas ainda não se conhecem quaisquer resultados, aponta o BE.

“A obra tem de decorrer até 2023 ou perdem-se os montantes orçamentados para o efeito”, refere o BE. Com vista a conhecer o ponto de situação sobre a requalificação da Linha do Oeste, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda solicitou reuniões com as empresas públicas Comboios de Portugal – responsável pela aquisição de novos comboios – e a Infraestruturas de Portugal, responsável pela requalificação da linha e retificação de traçados.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.