emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Praias de ouro

A Associação Nacional de Conservação da Natureza – Quercus atribuiu a distinção de qualidade de ouro a 38 praias da região Oeste.

Para receberem esta classificação as praias têm de respeitar parâmetros de qualidade da água nas últimas cinco épocas balneares e não haver registo de ocorrências relacionadas com a interdição ou desaconselhamento, ainda que temporários, da prática balnear.

É por isso que a praia da Nazaré foi penalizada, uma vez que no ano passado os banhos estiveram interditados alguns dias devido ao entupimento de uma rede de saneamento.

Foram contempladas as praias da Foz do Arelho – Lagoa e mar (Caldas da Rainha), Bom Sucesso, Praia d’El Rei e Rei do Cortiço (Óbidos), S. Martinho do Porto, Água de Madeiros, Légua, Paredes de Vitória, Pedra do Ouro e Polvoeira (Alcobaça), Salgado (Nazaré), Baleal Campismo, Baleal Norte, Baleal Sul, Consolação, Consolação Norte, Cova da Alfarroba, Gambôa, Medão-Supertubos, Peniche de Cima, Porto da Areia Sul e S. Bernardino (Peniche), Peralta, Porto Dinheiro e Valmitão (Lourinhã), Amanhã-Santa Cruz, Foz do Sizandro-Mar, Azul, Centro-Santa Cruz, Física-Santa Cruz, Mirante-Santa Cruz, Navio, Pisão-Santa Cruz, Porto Novo, Santa Helena, Santa Rita-Norte e Santa Rita-Sul (Torres Vedras).

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.