emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Presidente da câmara pede audiência à ministra da saúde

O presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Vitor Marques, solicitou uma reunião com carácter de urgência à ministra da Saúde, Marta Temido, para questionar sobre a “degradação da prestação de cuidados de saúde, em virtude da falta de recursos humanos e de investimento nas atuais instalações hospitalares”.

O presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Vitor Marques, solicitou uma reunião com carácter de urgência à ministra da Saúde, Marta Temido, para questionar sobre a “degradação da prestação de cuidados de saúde, em virtude da falta de recursos humanos e de investimento nas atuais instalações hospitalares”.

No encontro com a ministra, o autarca caldense pretende abordar o tema do “Novo Hospital do Oeste”. Mas, “enquanto essa nova estrutura não se concretiza”, sublinha a necessidade de um plano de investimentos que modernize e qualifique as atuais instalações hospitalares, nomeadamente na melhoria das condições da Maternidade, Neonatologia, Cuidados Intensivos, Cirurgia e Ambulatório.

“A carência atual de recursos humanos, especialmente enfermeiros, médicos e outros técnicos de saúde” é outro dos assuntos prioritários, uma situação que “acarreta um enorme prejuízo para os profissionais de saúde e, consequentemente, para as populações”.

Últimas Notícias

Gaeiras reúne 100 artistas e cerca de 2000 presépios

De 8 a 26 de dezembro vai decorrer no Convento de São Miguel, nas Gaeiras, a 14ª Grande Exposição de Presépios. Durante estes dias, entre as 14 e as 18 horas, poderão ser vistas as obras de 100 artistas e apreciados cerca de dois mil presépios. A diversidade dos materiais, como o barro, a casca de ovo, a madeira, o ferro, o tecido, a joalharia, a cortiça, o vidro, ou até mesmo componentes eletrónicos, constitui uma atração.

EBI Santo Onobre quer incentivar utilização da bicicleta

No âmbito do Desporto Escolar (DE), a Escola Básica de Santo Onofre, nas Caldas da Rainha, aderiu ao projeto “DE sobre rodas”, que consiste em recolher bicicletas que sirvam para crianças, dos 5 aos 12 anos, ainda em condições para serem usadas, mesmo que precisem de uma pequena reparação.