emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Programa de Artes Fernanda Botelho leva estudantes do Cadaval ao teatro

No âmbito da Semana das Artes Fernanda Botelho e do Programa de Artes homónimo, um grupo de alunos cadavalenses deslocou-se, no passado dia 16, ao Teatro Taborda, em Lisboa, para travar contacto com a companhia residente “Teatro da Garagem” e assistir à estreia de uma peça. A iniciativa enquadrou-se no âmbito da oficina de teatro que frequentaram no Cadaval, numa organização conjunta do Agrupamento de Escolas do Cadaval e da Associação Gritos da Minha Dança, com o apoio do Município do Cadaval.

O evento teve como ponto de partida a oficina de teatro do Projeto “Tábuas do Lugar Íntimo”, que contou com a atriz Inês Lapa Lopes como formadora.

A oficina permitiu dar aos alunos uma panorâmica do que é um espetáculo de teatro, desde a encenação aos figurinos, passando por toda a organização inerente.

O grupo de estudantes (e respetivas professoras de português), acompanhado pela formadora, pôde assistir à estreia da peça “Da compaixão. Chove e sol em Paris”, que tem texto de Abel Neves, encenação de São José Lapa e representação de Rita Ribeiro e Paula Guedes, com design, vídeo e sonoplastia de Inês Lapa Lopes (Produção Espaço das Aguncheiras).

Os alunos tiveram ainda oportunidade de conhecer a encenadora e uma das atrizes da peça, com quem conversaram.

Segundo Tânia Camilo, técnica da Biblioteca Municipal do Cadaval, tratou-se de uma atividade “bastante enriquecedora” para o rol de estudantes. “Após quase um ano letivo de oficina de teatro e de adquirirem o conhecimento desde a produção à encenação, puderam experienciar a ida a uma sala de teatro e assistir a uma peça, bem como travar conhecimento com quem a produziu, quem a encenou e quem a realizou”.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.