emissão em direto

Provas de ciclismo homenagearam mecânico “Pepinho” e júnior Guilherme Silva

O concelho do Bombarral recebeu no passado sábado o 4.º Circuito da Pêra Rocha - Memorial José Eduardo Santos “Pepinho” e o 5º Troféu “Guilherme Silva“ (Juniores).

O concelho do Bombarral recebeu no passado sábado o 4.º Circuito da Pêra Rocha – Memorial José Eduardo Santos “Pepinho” e o 5º Troféu “Guilherme Silva“ (Juniores).

Em elites, a vitória foi discutida ao sprint, com Luís Gomes (Kelly-Simoldes-UDO) a ser o mais rápido.

Tiago Antunes (Efapel Cycling) foi segundo, seguido de António Barbio (Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados). Por equipas venceu a Efapel Cycling.

Em juniores, o primeiro foi Daniel Jorge (Póvoa Cycling Academy/CDC Navais), em segundo ficou Tiago Gonçalves Santos (Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola) e em terceiro Kawah David (Mundimat). Por equipas venceu o Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola.

Foi prestada homenagem a José Eduardo Santos, que faleceu em janeiro deste ano, quando fazia um passeio de bicicleta entre Bombarral e Cadaval e sofreu um ataque cardíaco.

O profissional, de 56 anos, que chegou a ser atleta do Sport Clube Escolar Bombarralense, era conhecido no meio ciclístico por “Pepinho” e fazia parte da equipa norte-americana Trek-Segafredo desde 2011, depois de uma longa carreira como mecânico de algumas das mais importantes equipas da modalidade e da Federação Portuguesa de Ciclismo.

A sua grande minúcia e profissionalismo faziam dele um dos melhores mecânicos de bicicletas a nível mundial.

Natural de Lisboa e residente no Bombarral, respeitado membro da comunidade velocipédica, a sua calma, motivadora disposição e habilidade a tratar das bicicletas de algumas estrelas mundiais ficam na história.

Nesta prova foi também lembrado o jovem ciclista júnior Guilherme Silva, da equipa da Sicasal-Liberty Seguros-Bombarralense, que em 2015, aos 18 anos, faleceu depois de ter saído da estrada e embatido contra um eucalipto na descida do Montejunto, em direção a Pragança, numa zona onde costumava treinar.

A organização destas provas esteve a cargo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Bombarral, tendo contado com os apoios do Município do Bombarral, União de Freguesias de Bombarral e Vale Covo, Jornal das Caldas e Rádio Mais Oeste.

Últimas Notícias

Novo presidente do Politécnico quer afirmação como Universidade

“Após 40 anos de existência do Instituto Politécnico de Leiria, defendo que reunimos hoje as condições para nos afirmarmos como Universidade, que para além do ensino politécnico, ministre também o ensino universitário, podendo outorgar todos os graus académicos previstos na lei”, afirmou Carlos Rabadão, após ser empossado presidente do Politécnico de Leiria no dia 22 de setembro.

Festival de Insufláveis assinala regresso às aulas

De forma a assinalar o início de um novo ano letivo, o Município de Óbidos, com a colaboração da FADL – Federação das Associações Juvenis do Distrito de Leiria e da Associação Óbidos Dance, pretende proporcionar às crianças um dia diferente, cheio de atividade física e diversão.

Festival Eutopia no golfe do Bom Sucesso Resort

O Bom Sucesso Resort, junto à Lagoa de Óbidos, vai receber a primeira edição do festival Eutopia, um evento que pretende unir a arte, a arquitetura e o golfe. A iniciativa dedicada à cultura contemporânea vai decorrer nos dias 1 e 2 de outubro e destaca-se, entre outros aspetos, pelo local definido para a sua […]

Autarcas pedem levantamento de interdição da “toneira” na Lagoa

Reuniram no passado dia 22, com caráter de urgência, nos Paços do Concelho, em Óbidos, os presidentes da Câmara Municipal de Óbidos, Filipe Daniel, e das Caldas da Rainha, Vítor Marques, e da Junta de Freguesia do Vau, Frederico Lopes, com a secretária de Estado das Pescas, Agricultura e Alimentação, Teresa Coelho, com o intuito de manifestar a preocupação referente à Portaria número 238/2022, de 15 de setembro, que aprova as normas reguladoras do exercício da pesca comercial nas águas interiores não marítimas na Lagoa de Óbidos.