emissão em direto

Quais as únicas entidades licenciadas em Portugal onde é possível jogar Poker online?

Depois de longos anos em que as apostas nem eram proibidas, nem enquadradas legalmente, com o aparecimento e crescimento em termos de apostadores e dinheiro envolvido das apostas desportivas online no nosso país, o Governo sentiu finalmente a necessidade de garantir a taxação e regulamentação do setor. Esta pressão acabou por surtir efeitos em abril […]

Depois de longos anos em que as apostas nem eram proibidas, nem enquadradas legalmente, com o aparecimento e crescimento em termos de apostadores e dinheiro envolvido das apostas desportivas online no nosso país, o Governo sentiu finalmente a necessidade de garantir a taxação e regulamentação do setor.

Esta pressão acabou por surtir efeitos em abril de 2015, altura em que o Estado decide finalmente intervir com a publicação do decreto-lei 66/2015.

Nesse momento, a atividade das apostas online foi suspensa e as casas de apostas em Portugal tiveram de interromper a sua atividade até à entrada em vigor da nova legislação do jogo online, entretanto preparada.

A legalização por que tantos apostadores e operadores esperavam acaba por surgir em maio de 2016, mês em que é emitida a primeira licença para exploração de apostas online em Portugal pelo Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), entidade responsável pelo controlo, inspeção e regulação da exploração e prática de jogos de fortuna ou azar em casinos online e apostas desportivas online em Portugal.

Crescimento do setor das apostas online

De 2016 para cá, o número de entidades legalizadas e jogos autorizados multiplicou-se, o que acabou por se refletir no crescimento exponencial do setor.

Basta atendermos aos últimos dados libertados pelo SRIJ.

De acordo com o relatório referente aos primeiros nove meses do ano passado, o número total de apostadores, ou seja, aqueles que realizaram pelo menos uma aposta em jogos de fortuna ou azar ou em apostas desportivas online, ultrapassou os 2 milhões (2,075), mais 743 mil apostadores do que em igual período de 2020 (1,332).

Na base deste crescimento no número de apostadores estão fatores tão diversos como a maior literacia dos portugueses em relação à atividade do jogo online, a facilidade de apostar a partir de dispositivos móveis e o contributo que os bónus de experimentação que portais especializados como o apostasonline.pt e casas de apostas como a ESC oferecem a quem se está a iniciar na atividade dos jogos de fortuna ou azar e apostas desportivas online.

Se o Futebol domina largamente a categoria das apostas desportivas online, no caso dos jogos de fortuna ou azar online, a tabela é liderada pelas Máquinas de Jogo (slot-machines) com uma quota de apostadores que ultrapassa os 77% (77,57%) seguida da Roleta Francesa com longínquos 9,83%, do Blackjack/21 com 5,22%, da Banca Francesa com 3,85% e, finalmente, do Poker (não bancado e em modo torneio) com 3,51%.

Quais as casas de postas licenciadas em Portugal para jogar Poker online?

Apesar de ser uma das imagens de marca dos jogos de fortuna ou azar, o Poker online parece não captar as atenções dos apostadores portugueses e tal pode justificar-se, em grande medida, com a escassa oferta existente no mercado nacional.

Ao contrário dos milhares de jogos de slot-machines que estão dispersos pela totalidade dos casinos online legalizados em Portugal, o Poker online apenas está disponível em três entidades.

Depois de durante largo tempo, a PokerStars e a 888poker terem sido os únicos operadores de Poker online no mercado português, em novembro do ano passado, o SRIJ anunciou um averbamento à licença de jogo online da Estoril Sol Digital, o que se traduz na entrega de uma licença para a exploração de Poker online à ESC Online.

Desta forma, a Estoril Sol tornou-se a terceira empresa a ter uma licença de poker online no mercado regulado nacional, juntando-se à PokerStars e 888poker, durante largo tempo os únicos operadores de poker online no mercado português.

Esta entrada da ESC Online no universo do Poker online já produziu os seus efeitos com o anúncio de uma parceria com a Gaming1, líder mundial em jogos e apostas desportivas, para a disponibilização da popular coleção AconcaguaPoker de conteúdos temáticos de Poker, incluindo jogos de mesa a dinheiro Texas Hold ‘em e Omaha, bem como torneios semanais e mensais que apresentam uma generosa variedade de prémios.

Com este anúncio, o operador torna-se no primeiro em Portugal a fornecer uma oferta global online composta por três plataformas verticais: póquer, apostas desportivas e casino.

Graças à tecnologia de onboarding do AconcaguaPoker, a parceria entre a Gaming1 e a ESC Online permitirá aos jogadores desfrutar de múltiplos benefícios de bónus integrados que funcionarão perfeitamente em todos os três verticais.

A plataforma ESC Online também permitirá aos jogadores jogar com concorrentes internacionais, abrindo a possibilidade a torneios online com liquidez internacional, em que os melhores jogadores serão convidados a participar numa final no casino online ou offline do Estoril.

Últimas Notícias

Suspeito de esfaqueamento detido pela Judiciária

Um homem de 24 anos que tentou matar outro com uma faca, no ano passado em Rio Maior, foi detido no dia 24 de maio pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária em Ferrel, no concelho de Peniche.

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).