emissão em direto

Recolha de alimentos vai ajudar 10 mil pessoas carenciadas

O Banco Alimentar Contra a Fome do Oeste (BAO) recolheu 41,5 toneladas de alimentos na última campanha de recolha realizada nos supermercados de oito concelhos nos dias 27 e 28 de novembro.

O Banco Alimentar Contra a Fome do Oeste (BAO) recolheu 41,5 toneladas de alimentos na última campanha de recolha realizada nos supermercados de oito concelhos nos dias 27 e 28 de novembro.

Caldas da Rainha foi o concelho que mais contribuiu, com 10.655 quilos, seguindo-se Alcobaça com 9.937 quilos, Peniche com 5.891 quilos, Lourinhã com 5.789 quilos, Bombarral com 3.528 quilos, Nazaré com 2.795 quilos, Óbidos com 1.831 quilos e Cadaval com 1.144 quilos, totalizando 41.570 quilos.

Os resultados obtidos, não incorporando ainda a Campanha Vale e a Campanha on-line, embora ligeiramente inferiores aos do ano anterior pelo facto de não ter sido possível estar presente em todas as superfícies comerciais que autorizaram a recolha de alimentos, devem-se não só à generosidade de todos quantos doaram bens alimentares, mas também aos cerca de 800 voluntários que, nas superfícies comerciais, nos transportes e armazém do BAO, deram o seu tempo a esta ação de solidariedade.

Os bens doados, juntamente com os excedentes alimentares recolhidos diariamente junto de produtores, comerciantes, supermercados e empresas do ramo alimentar, serão distribuídos, através das 62 instituições de solidariedade social com as quais o BAO tem acordo, a cerca de dez mil pessoas comprovadamente carenciadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas.

Últimas Notícias

Funcionária acusada de desviar dinheiro de taxas moderadoras

O Ministério Público deduziu acusação contra uma mulher que exerceu funções no serviço de atendimento complementar da Nazaré, pertencente ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Norte, e que nesse âmbito está indiciada da prática de crimes de peculato e de recebimento indevido de vantagem.

Radiocomunicações de barcos fiscalizadas

A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) levou a cabo no último trimestre de 2021 um conjunto de ações de fiscalização com a Polícia Marítima, numa zona compreendida entre os portos de Caminha e Peniche.

Uma semana com mais 5 mortes e mais 1172 casos ativos no Oeste

Os dados divulgados até à noite de 10 de fevereiro davam conta que no total, desde o início da pandemia, foram registados 831 óbitos (mais 5 em relação à semana passada) na região Oeste associados à Covid-19. O concelho de Torres Vedras era onde se verificava o maior número de falecimentos, que ascendem a 197 […]