emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Rosa Guerra apresenta candidatura à Câmara do Bombarral pelo CDS

A apresentação dos candidatos do CDS no Bombarral nas próximas eleições autárquicas teve lugar no passado dia 2, na Praça do Município, com a presença do presidente do partido, Francisco Rodrigues dos Santos. Rosa Guerra é a candidata à Câmara e tem como lema “Mudança pela certa”.

Apresenta candidatos em todas as freguesias e lembrou que foi vereadora entre 2013 e 2017, fazendo notar o trabalho que fez

na ação social, na proteção civil e na agricultura, pelouros que teve.

“Criei um banco de apoio técnico municipal para gratuitamente o Município ceder vários tipos de equipamentos às famílias

carenciadas. Tivemos pela primeira vez aprovado o plano de emergência municipal e o plano operacional municipal. Sempre

estive do lado dos agricultores e do mundo rural, que é o parente pobre do Governo”, descreveu.

“Não me revejo em políticas instaladas. Temos um programa realista mas ambicioso. Tenho feito uma oposição séria, forte e

com rigor”, manifestou a candidata, para enunciar algumas linhas das suas propostas: “Taxas mínimas de IMI e IRS para atrair

mais pessoas, políticas amigas das empresas e das pessoas, criar transportes coletivos para as povoações mais isoladas,

condições para atrair turismo, captação de investidores privados e alocar no PDM uma zona industrial, promover a oferta de

terrenos a preços simbólicos e simplificar os processos burocráticos com vista à instalação de empresas”.

Outras prioridades que anunciou passam pela criação de incentivos ao arrendamento para os mais jovens e para o comércio,

aproveitamento da Serra do Pico para o turismo de natureza e desportos radicais, promoção de roteiros turísticos, e instalação

de estruturas de restauração na Mata Municipal para atrair visitantes.

Garantiu também que vai pressionar o Governo para a requalificação da linha férrea do Oeste.

Apontou ainda que a sua equipa foi escolhida pela “competência, mérito e percurso de cada um”.

O presidente do CDS teceu palavras elogiosas a Rosa Guerra, que para além de candidata do partido à Câmara do Bombarral

é a sua futura sogra. “Presidente da distrital de Leiria do CDS, nasceu e cresceu no Bombarral, e não quer que o Bombarral

continue na estagnação, no atraso e na cauda dos concelhos do Oeste”, sublinhou.

No Bombarral “podemos ter orgulho nos candidatos que apresentamos a votos, com gente com qualidade, com currículo e com

experiência”, vincou. “O que temos de perguntar aos bombarralenses é se querem mais do mesmo ou se querem uma

mudança com caras que têm credibilidade”, concluiu.

Maria João Mil-Homens é a candidata à Assembleia Municipal, tendo declarado que “vejo uma terra envelhecida e que precisa

de renascer”.

Hugo Filipe candidata-se na União de Freguesias do Bombarral e Vale Covo, Ângelo Vinagre no Carvalhal, Maria da

Encarnação na Roliça e Diana Elias no Pó.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.