emissão em direto

Rota dos presépios pela freguesia dos Vidais

Associações e moradores em Vidais, no concelho das Caldas da Rainha, criaram uma rota de catorze presépios por diversas povoações da freguesia para atrair visitantes às suas terras, feitos com materiais como rolhas de cortiça, serapilheira, madeira, croché e outros, podendo ser vistos até 6 de janeiro em locais tão diferentes como uma gruta, uma antiga garagem ou um jardim de infância. 

Associações e moradores em Vidais, no concelho das Caldas da Rainha, criaram uma rota de catorze presépios por diversas povoações da freguesia para atrair visitantes às suas terras, feitos com materiais como rolhas de cortiça, serapilheira, madeira, croché e outros, podendo ser vistos até 6 de janeiro em locais tão diferentes como uma gruta, uma antiga garagem ou um jardim de infância. 

O objetivo desta iniciativa promovida pela junta de freguesia é “colocar Vidais na rota das iniciativas de Natal, com uma mostra de presépios elaborados pelas pessoas da freguesia”.

“Presépios da minha aldeia”, como se designa o evento, tem trabalhos expostos feitos pelo Colégio Brinquinho (EN114, na Matoeira), pela associação dos Mosteiros (EN114, em frente à capela dos Mosteiros), pela Paróquia (junto à Igreja Paroquial, em Vidais), pelo Centro Social e Paroquial Nossa Senhora da Piedade (no largo Nossa Senhora da Piedade, em Vidais) e por moradores da Ribeira de Crastos (EN114, junto à antiga escola primária de Ribeira de Crastos).

A Casa dos Avós é outro presépio que pode ser apreciado na EN114, em Ribeira de Crastos. A associação do Casal do Rei instalou o seu presépio na Rua D. Afonso Henriques, junto à igreja, naquela povoação, enquanto que a associação do Arco da Memória tem o presépio junto às suas instalações, na Rua do Rei Conquistador.

Os moradores na Rabaceira expõem junto à capela da terra, enquanto que os moradores nos Casais da Igreja também montaram o presépio junto à capela da sua localidade.

A associação da Carrasqueira tem o seu presépio na Rua de Santa Bárbara (na antiga escola primária) e os Amigos de Cortém escolheram a Rua João Alves (Largo do Moinho).

A Fonte das Lágrimas, na Matoeira, foi transformada para acolher o presépio da associação local.

Todos estes presépios constam de um concurso e vão ser avaliados por um júri, recebendo prémios pecuniários.

O presépio da junta de freguesia de Vidais, no centro da localidade, inclui a rota mas não faz parte do concurso.

“Há obras magníficas e de grande qualidade”, destacou o presidente da junta, Rui Henriques, que explicou ao JORNAL DAS CALDAS que pretende-se também dar a conhecer Vidais de modo a atrair pessoas para ali morarem. “A freguesia tem sofrido com o êxodo rural e queremos arranjar formas de alavancar e ancorar as pessoas à terra. Estamos a lutar a nível do Plano Diretor Municipal e da reabilitação urbana para que as pessoas consigam ter condições para aqui se estabelecerem. A freguesia está muito perto de Caldas da Rainha, a pouco mais de oito minutos”, vincou.

Últimas Notícias

Suspeito de esfaqueamento detido pela Judiciária

Um homem de 24 anos que tentou matar outro com uma faca, no ano passado em Rio Maior, foi detido no dia 24 de maio pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária em Ferrel, no concelho de Peniche.

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).