emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Saúde oral abrangeu 213 alunos

Durante o mês de maio foram realizadas ações de sensibilização de higiene oral em todas as turmas do 2º ciclo dos complexos escolares de Óbidos, abrangendo 213 alunos.

A iniciativa teve como objetivo, sensibilizar, informar, motivar e esclarecer os alunos sobre as doenças da cavidade oral, causas e consequências se não forem tratadas e também como solucionar ou evitar o seu aparecimento. Foi também reforçado a auto responsabilização da realização de uma boa escovagem, assim como a aquisição e manutenção de hábitos de vida saudáveis, nomeadamente a importância da prática de atividade física, bem como a divulgação da oferta desportiva municipal.

Escovar os dentes com um dentífrico fluoretado, pelo menos duas vezes por dia, sendo uma delas à noite antes de deitar, é considerado o meio mais eficaz na prevenção das doenças orais como a cárie dentária e a gengivite. O reforço desta prática nas escolas contribui para melhorar os hábitos das crianças, fazendo com que tenham dentes saudáveis a vida inteira.

De forma a colmatar a impossibilidade de avaliação individual, foi oferecido a cada aluno um espelho bocal.

As ações foram realizadas pela higienista Sabina Ramalho, do Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Norte, com o apoio da professora Mara Correia, em parceria com o Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.