Telefones fixos nas celas dos estabelecimentos prisionais

Foi lançado na semana passada o concurso para a instalação de telefones fixos nas celas das cadeias, uma medida estruturante no processo de humanização dos espaços prisionais, cuja fase piloto já permitiu instalar 824 telefones nos estabelecimentos prisionais do Linhó, Odemira, Sta. Cruz do Bispo Feminino, Caldas da Rainha e Silves, com um balanço muito positivo por parte da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

Foi lançado na semana passada o concurso para a instalação de telefones fixos nas celas das cadeias, uma medida estruturante no processo de humanização dos espaços prisionais, cuja fase piloto já permitiu instalar 824 telefones nos estabelecimentos prisionais do Linhó, Odemira, Sta. Cruz do Bispo Feminino, Caldas da Rainha e Silves, com um balanço muito positivo por parte da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

Segundo o Ministério da Justiça, “pretende-se reforçar os contactos entre as pessoas privadas da liberdade e aqueles que lhes são mais próximos, proporcionando a manutenção destas ligações essenciais tanto ao nível afetivo quanto da saúde mental, contribuindo para o sucesso do processo de reinserção social”. “As comunicações passam assim a poder ser realizadas em condições mais dignas, com mais privacidade e de acordo com horários mais adequados”, aponta.

O sistema acautela as necessidades de segurança, permitindo que apenas sejam feitas chamadas para números de telefone previamente aprovados e com a duração estabelecida pelos Serviços Prisionais, não podendo ser disponibilizado nos estabelecimentos de segurança especial, onde as ligações telefónicas são efetuadas por elemento do pessoal de vigilância. 

O novo sistema não comporta encargos para o Estado, uma vez que os equipamentos são fornecidos pelas operadoras e que o custo das chamadas é suportado pelos utilizadores.

Últimas Notícias

Rampa Foz do Arelho

Com uma valiosa lista de inscritos, composta por 55 concorrentes a competirem pela classificação nas categorias desportivos, clássicos e protótipos, e no cenário deslumbrante da Foz do Arelho, no passado domingo realizou-se uma das mais tradicionais provas de Regularidade Sport Plus de Rampa, que integram o calendário da Series by NDML 2024, organizada pelo Núcleo Desportos Motorizados de Leiria.

Câmara do Cadaval rejeita críticas ao apoio a corrida de galgos

A Câmara Municipal do Cadaval defendeu que a corrida de galgos realizada no passado dia 21 no concelho “não infringiu qualquer normativo legal em vigor”, pelo que a autarquia não se revê na forma nem no conteúdo dos comentários proferidos, que a acusavam de pactuar com uma iniciativa que maltratava os animais.

Mostra Coletiva de Arte Visual

De 11 de maio a 1 de junho estará patente na Galeria de Exposições do Espaço Turismo das Caldas da Rainha e Restaurante Coletivo, ao lado, uma mostra coletiva de arte visual.

Conversa e eco-caminhada em Salir do Porto

A Ágora – Associação Ambiental, em parceria com o Geoparque Oeste (Geoparque Mundial da UNESCO), vai realizar uma conversa sobre a bio e geodiversidade de Salir do Porto. Seguir-se-á uma eco-caminhada, apanhando o que for encontrado pelo caminho, com o apoio da Quinta de Salir (Associação Pelicano Radiante).

António Morgado ganha etapa em Espanha

No espaço de uma semana, o ciclista caldense António Morgado voltou a ganhar no estrangeiro, desta vez triunfando na segunda etapa da Volta às Asturias, em Espanha, no passado dia 27.