emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

União das Freguesias recebe bandeira verde

A União das Freguesias de Caldas da Rainha – Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório continua a ostentar a bandeira verde como Eco-Freguesia XXI, pela segunda vez consecutiva. No passado dia 21, no Teatro-Cine de Pombal, recebeu o galardão atribuído pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa, pelo desempenho em termos de sustentabilidade ambiental, tendo nesta terceira edição alcançado a menção de prata.

Vítor Marques, presidente da União das Freguesias, declarou ser “um motivo de orgulho para o executivo da Junta e, certamente para todas as famílias, colaboradores, associações, escolas e parceiros da União das Freguesias que contribuíram para este galardão, mas igualmente assumem esta responsabilidade partilhada de cuidar do nosso ambiente”.

Para a atribuição da Bandeira Verde são considerados dez indicadores, tais como a educação para a sustentabilidade, gestão ambiental, espaços públicos, biodiversidade e espaços verdes.

A autarquia destaca no indicador do desenvolvimento sociocultural a atividade “Casa das Artes”, que consiste em diversas oficinas artísticas direcionadas para famílias. Este projeto da União das Freguesias contou com edições online e presenciais num espaço público e de lazer, o Parque D. Carlos I.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.