emissão em direto

GNR desmantela rede de tráfico de droga nas Caldas

Um homem de 32 anos ficou em prisão preventiva e outros três e uma mulher, com idades entre 23 e 39 anos, obrigados a apresentações periódicas às autoridades policiais, enquanto decorre o processo nas instâncias judiciais que motivou a sua detenção pelo núcleo de investigação criminal do destacamento territorial da GNR das Caldas da Rainha, relacionado com tráfico de estupefacientes numa residência na cidade nas proximidades de escolas.

Um homem de 32 anos ficou em prisão preventiva e outros três e uma mulher, com idades entre 23 e 39 anos, obrigados a apresentações periódicas às autoridades policiais, enquanto decorre o processo nas instâncias judiciais que motivou a sua detenção pelo núcleo de investigação criminal do destacamento territorial da GNR das Caldas da Rainha, relacionado com tráfico de estupefacientes numa residência na cidade nas proximidades de escolas.

A GNR afirma que esta ação desmantelou “um dos principais pontos de abastecimento de drogas duras (heroína e cocaína) de Caldas da Rainha e concelhos limítrofes, permitindo restituir alguma tranquilidade às populações locais, e particularmente, à comunidade escolar”.

A operação decorreu de uma investigação iniciada há oito meses por tráfico de produtos estupefacientes, ameaças e posse de arma proibida, que culminou com o cumprimento de doze mandados de busca – oito a residências e quatro a carros – nos concelhos de Alcobaça, Peniche e Caldas da Rainha, nos dias 6 de janeiro e 6 e 7 de fevereiro, na sequência dos quais foram detidos os quatro homens e a mulher e ainda constituído arguido um homem de 40 anos.

Foram apreendidas 198 doses de heroína e 263 doses de cocaína, e também diverso material de preparação e acondicionamento do produto estupefaciente, 6.330 euros, quatro veículos, uma pistola, oito munições e seis cartuchos.

Os detidos têm antecedentes criminais por tráfico de estupefacientes, ameaças com arma de fogo, passagem de moeda falsa e furto.

Para além das medidas de coação referidas, o Tribunal de Leiria determinou nesta quinta-feira a proibição de contactos entre todos os arguidos.

Esta ação contou com o reforço de militares da estrutura de Investigação Criminal do Comando Territorial de Leiria e da Unidade de Intervenção da GNR e, ainda, com o apoio da PSP.

Últimas Notícias

EB de St.º Onofre convida população a participar numa Flash Mob

No âmbito das comemorações dos 30 anos da EB de St.º Onofre do Agrupamento de Escolas Raul Proença, vai ser realizada uma iniciativa de mobilização pela turma H do 5.º ano, no âmbito de um projeto interdisciplinar envolvendo as disciplinas de Cidadania e Desenvolvimento, Inglês, Educação Musical e Educação Física.

Bombeiros não querem ser associados a elemento participante em “reality show”

Os Bombeiros Voluntários do Bombarral emitiram um comunicado, assinado pelo comandante, Pedro Lourenço, e pelo presidente da associação humanitária, Vítor Garcia, em que repudiam ser associados a atitudes por parte de um dos seus elementos, Tiago Rodrigues, que esteve a participar no programa “Era uma vez na Quinta”, transmitido na SIC.