emissão em direto

Jornadas de Enoturismo do Centro de Portugal

As Jornadas de Enoturismo do Centro de Portugal, no Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, a 11 e 12 de maio, marcam mais uma vez o panorama do enoturismo nacional como o ponto de encontro e partilha entre os agentes que trabalham e promovem o enoturismo – agentes de viagens, unidades de enoturismo, gestores de enoturismo, comunicadores/blogguer, estudantes de turismo, operadores turísticos e outras entidades ligadas à comercialização do produto.

As Jornadas de Enoturismo do Centro de Portugal, no Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, a 11 e 12 de maio, marcam mais uma vez o panorama do enoturismo nacional como o ponto de encontro e partilha entre os agentes que trabalham e promovem o enoturismo – agentes de viagens, unidades de enoturismo, gestores de enoturismo, comunicadores/blogguer, estudantes de turismo, operadores turísticos e outras entidades ligadas à comercialização do produto.

O programa para o primeiro dia conta na sessão de abertura com o secretário de Estado do Turismo, Nuno Fazenda, com o presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado, o presidente da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa, Francisco Toscano Rico, e com o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Hermínio Rodrigues.

O segundo dia é totalmente dedicado a visitas técnicas a unidades de enoturismo da Região dos Vinhos de Lisboa, e onde será possível, a troca de experiências e aprendizagens num contexto mais prático, com a promoção do convívio entre os participantes.

A organização do evento cabe aos Vinhos de Lisboa (CVR Lisboa). O presidente, Francisco Toscano Rico, “as XI Jornadas acontecem num momento de grande afirmação do enoturismo na Região Centro, fruto do trabalho das cinco Regiões Vitivinícolas, convictos que é no enoturismo que encontramos as melhores oportunidades para crescermos em valor e que o trabalho em rede e a promoção conjunta são já uma certeza de sucesso“.

Últimas Notícias

Preço médio da venda de casas nas Caldas aumentou 25.000€ em janeiro

O portal imobiliário Imovirtual divulgou nesta segunda-feira o seu barómetro relativo à evolução dos preços médios anunciados de arrendamento e venda no distrito de Leiria, fazendo uma comparação entre janeiro com o mês de dezembro. Nas Caldas da Rainha vender ficou mais caro, passando dos 300.000€ para os 325.000€ e arrendar ficou ligeiramente mais barato, passando de 950€ para 900€.

“Hawai de Alfeizerão” é investimento em campismo com charme

O conceito de acampar com elegância e charme vai ser explorado em breve em Alfeizerão, com a criação de um Parque de Glamping, Eco Resort e Parque de Autocaravanas intitulado “Hawai de Alfeizerão”, em construção no Casal da Ponte, num investimento que rondará entre 150 a 200 mil euros da Junta de Freguesia, com o apoio da Câmara Municipal de Alcobaça.

Secretário de Estado visitou Pousada da Juventude de Alfeizerão

No âmbito da iniciativa “ANDA (Conhecer Portugal)”, o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, visitou a 5 de fevereiro a Pousada da Juventude de Alfeizerão e pôde testemunhar as suas boas condições de manutenção e gestão.

Movimento Viver o Concelho divulga atividades para este ano

A Associação Movimento Viver o Concelho (MVC), das Caldas da Rainha, divulgou o plano de atividades para 2024, anunciando que tem a sua equipa reforçada, novos projetos e “muita vontade de continuar a fazer um bom trabalho na comunidade”, manifestou Teresa Serrenho, responsável desta instituição.