emissão em direto

“Laços” na Sala Estúdio do Teatro da Rainha

A Sala Estúdio do Teatro da Rainha, nas Caldas da Rainha, acolhe, no dia 28 de janeiro, pelas 21h30, uma produção da Baal 17 – Companhia de Teatro na Educação do Baixo Alentejo. “Laços”, do australiano Daniel Keene, com encenação de Luís Varela, é um tríptico composto pelas peças breves “O que resta”, “A quem […]

A Sala Estúdio do Teatro da Rainha, nas Caldas da Rainha, acolhe, no dia 28 de janeiro, pelas 21h30, uma produção da Baal 17 – Companhia de Teatro na Educação do Baixo Alentejo. “Laços”, do australiano Daniel Keene, com encenação de Luís Varela, é um tríptico composto pelas peças breves “O que resta”, “A quem possa interessar” e “Nem perdida nem achada”.

A primeira é um monólogo que coloca em cena um homem e as memórias da mulher e do filho desaparecidos. Texto intimista, ao estilo de outros que surgiram da colaboração do autor com a encenadora Ariette Taylor no Keene/Taylor Theatre Project. O teatro colocado em cena pelo KTTP notabilizou-se por dar voz a gente das classes desfavorecidas, homens e mulheres sem-abrigo, jovens desempregados, permitindo vislumbrar com genuinidade vidas raramente representadas em palco. Assim sucede também em “A quem possa interessar”, drama sobre um pai e o seu filho com deficiência mental. Já em “Nem perdida nem achada”, uma mãe recupera a filha que foi forçada a abandonar muitos anos antes. É mais uma história em que o ambiente familiar assoma marcado por cicatrizes emocionais ainda não saradas, máculas na memória e nas vivências de pessoas deserdadas em busca de laços que tragam esperança e uma hipótese de felicidade.

Para o encenador Luís Varela, “a possibilidade de ligar várias peças num tríptico leva-nos, a nós leitores e espetadores, a construir hipóteses de sentido, conexões, a tentar encontrar o fio duma narrativa, uma explicação”.

“Laços” terá uma única apresentação em Caldas da Rainha, com interpretações de Filipe Seixas, Inês Rocha, Marisela Terra, Rolando Galhardas e Rui Ramos.

Últimas Notícias

Preço médio da venda de casas nas Caldas aumentou 25.000€ em janeiro

O portal imobiliário Imovirtual divulgou nesta segunda-feira o seu barómetro relativo à evolução dos preços médios anunciados de arrendamento e venda no distrito de Leiria, fazendo uma comparação entre janeiro com o mês de dezembro. Nas Caldas da Rainha vender ficou mais caro, passando dos 300.000€ para os 325.000€ e arrendar ficou ligeiramente mais barato, passando de 950€ para 900€.

“Hawai de Alfeizerão” é investimento em campismo com charme

O conceito de acampar com elegância e charme vai ser explorado em breve em Alfeizerão, com a criação de um Parque de Glamping, Eco Resort e Parque de Autocaravanas intitulado “Hawai de Alfeizerão”, em construção no Casal da Ponte, num investimento que rondará entre 150 a 200 mil euros da Junta de Freguesia, com o apoio da Câmara Municipal de Alcobaça.

Secretário de Estado visitou Pousada da Juventude de Alfeizerão

No âmbito da iniciativa “ANDA (Conhecer Portugal)”, o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, visitou a 5 de fevereiro a Pousada da Juventude de Alfeizerão e pôde testemunhar as suas boas condições de manutenção e gestão.

Movimento Viver o Concelho divulga atividades para este ano

A Associação Movimento Viver o Concelho (MVC), das Caldas da Rainha, divulgou o plano de atividades para 2024, anunciando que tem a sua equipa reforçada, novos projetos e “muita vontade de continuar a fazer um bom trabalho na comunidade”, manifestou Teresa Serrenho, responsável desta instituição.