emissão em direto

Morangos caldenses distinguidos com o prémio Sabor do Ano 2024

Os morangos Amorango, marca da Frutas Classe, empresa do comércio de frutas no Lugar do Bouro, em Salir do Porto, no concelho das Caldas da Rainha, foram distinguidos com o prémio Sabor do Ano 2024, que atesta a qualidade.

Os morangos Amorango, marca da Frutas Classe, empresa do comércio de frutas no Lugar do Bouro, em Salir do Porto, no concelho das Caldas da Rainha, foram distinguidos com o prémio Sabor do Ano 2024, que atesta a qualidade.

O Sabor do Ano é um prémio no setor alimentar criado em 1995 em França, sendo em Portugal representado pela Global Quality Ibéria. 

“No Sabor do Ano avaliamos o que realmente importa: o sabor. Nenhum consumidor compra ou volta a comprar um produto não gostando do seu sabor. Num mercado cada vez mais exigente e seletivo, continuar a ver marcas a acreditarem no potencial do nosso selo como um prémio de excelência, que impacta verdadeiramente as suas vendas, é fantástico. Esta elevada adesão ao prémio, reforça também a confiança que as marcas têm na qualidade dos seus produtos, ao submetê-los a testes, mas também revela a sua capacidade em inovar”, afirma Jordi Solana, diretor geral da Global Quality Ibéria.

“Ao receber este reconhecimento, o produto destaca-se da concorrência e torna-se uma opção mais atrativa para os consumidores”, acrescenta.

Todos os produtos inscritos são provados por um painel de consumidores selecionados de acordo com os seus hábitos de consumo, em testes em que não têm conhecimento da marca, num laboratório de análise sensorial acreditado que segue um restrito protocolo e garante a imparcialidade da prova, sendo avaliados cinco critérios: Sabor, aspeto, odor, textura e satisfação global.

Para ser premiado Sabor do Ano o produto deve obter uma nota superior a 6 (de 1 a 10) e a nota mais alta entre os produtos concorrentes.

Na edição deste ano foram premiados 124 produtos em diversas categorias, de um total de 32 empresas.

Segundo a Frutas Classe, verifica-se na empresa “um esforço intensivo na produção de morangos”, numa aposta que lhe permite “produzir todo o ano e garantir ao mercado português a exclusividade do abastecimento de morangos durante o segundo semestre do ano, acontecimento que não se verificava até 2010”.

Preocupada com a qualidade dos produtos, a empresa desenvolveu uma embalagem que protege os morangos das possíveis agressões do exterior, ao mesmo tempo que permite destacar a sua cor e a excelência.

A Frutas Classe foi fundada em 2001, resultando da atividade inicial de Américo Constantino, seu fundador.

Dedica-se à produção, comercialização e distribuição de frutas e legumes, assegurando “procurar a melhor qualidade e introduzir novas ofertas”, pelo que “além das frutas tradicionais – maçã, pera, pêssego e ameixa – o nosso portfólio inclui também morangos e framboesas, tendo assim firmado e aumentado a nossa quota de mercado”. 

Últimas Notícias

EB de St.º Onofre convida população a participar numa Flash Mob

No âmbito das comemorações dos 30 anos da EB de St.º Onofre do Agrupamento de Escolas Raul Proença, vai ser realizada uma iniciativa de mobilização pela turma H do 5.º ano, no âmbito de um projeto interdisciplinar envolvendo as disciplinas de Cidadania e Desenvolvimento, Inglês, Educação Musical e Educação Física.

Bombeiros não querem ser associados a elemento participante em “reality show”

Os Bombeiros Voluntários do Bombarral emitiram um comunicado, assinado pelo comandante, Pedro Lourenço, e pelo presidente da associação humanitária, Vítor Garcia, em que repudiam ser associados a atitudes por parte de um dos seus elementos, Tiago Rodrigues, que esteve a participar no programa “Era uma vez na Quinta”, transmitido na SIC.