Quiosques da marginal da Foz do Arelho vão ser substituídos

O Município das Caldas vai substituir os três quiosques existentes na marginal da praia da Foz do Arelho, num investimento de 147 mil euros. No passado dia 1 realizou-se a cerimónia de assinatura do contrato da empreitada para a colocação dos novos quiosques. Um dos quiosques será vermelho, outro amarelo e um terá a cor verde e são fabricados em fibra de vidro, aço e alumínio.

A Câmara espera que os três equipamentos novos estejam a funcionar no início da época balnear.

Um dos comerciantes deixou a concessão do quiosque que vendia gelados e artigos para a praia. A autarquia vai realizar uma nova hasta pública para atribuir o direito de ocupação e exploração de um dos equipamentos.

O evento contou com a presença do vice-presidente da Câmara das Caldas, Joaquim Beato, do presidente da Junta de Freguesia da Foz do Arelho, Fernando Sousa, e do empreiteiro da Datiben Construções, com sede na Benedita.

O vice-presidente do município das Caldas destacou o investimento na Foz do Arelho, que é uma das bandeiras do executivo.

O projeto visa “embelezar a marginal da praia, uma vez que os quiosques existentes estão muito degradados”, disse Joaquim Beato, recordando o novo Cais Palafítico e Observatório de Aves da Barosa, no Nadadouro.

Foi feito um concurso público para a empreitada, uma vez que é necessário “remover os existentes, instalar os quiosques novos, que contempla vários trabalhos, como por exemplo, a instalação da rede elétrica”, adiantou o autarca.

“É um ato correto da gestão dos dinheiros públicos, porque sendo uma empreitada, corresponde a 6% do imposto sobre valor acrescentado (IVA) e ao contrário seria 23% de IVA”, explicou.

Segundo o vice-presidente, a Datiben Construções foi a que apresentou o “melhor preço e temos também a felicidade de já conhecer a empresa pelo trabalho que nos está a fazer no Atendimento ao Munícipe no edifício dos Paços do Concelho, que está quase concluído”.  

A obra tem 150 dias para ser feita, atendendo a que uma parte “não depende do empreiteiro, está sujeita à empresa que está a fazer os quiosques e já nos foi prometido que iriam fazer uma colaboração muito atenta com a Datiben Construções”, referiu Joaquim Beato. 

O vice-presidente da autarquia revelou ainda que há um pensamento “urbanístico bastante interessante para melhorar a Foz do Arelho em termos de acessibilidades e reorganização do território, concretamente o arranjo marítimo do cais para o lado da Lagoa e do Nadadouro”.

O presidente da Junta de Freguesia da Foz da Arelho referiu que era “altura de os quiosques existentes serem removidos e substituídos, mantendo aquela figura caraterística da Foz do Arelho”.

Fernando Sousa revelou que vai ser recuperado o quiosque amarelo, que “é o que está menos degradado, para ser utilizado em eventos ou colocado noutro local”. 

“A Foz do Arelho é uma das melhores praias do mundo e está na altura de a Câmara Municipal dar mais vida à localidade”, manifestou.

O autarca espera que o construtor “cumpra os prazos e que os novos quiosques estejam montados antes de iniciar a nova época balnear”.

quiosque 2
Os novos quiosques (foto Nicole Canoa)
quiosque 3
A autarquia vai realizar uma nova hasta pública para atribuir o direito de ocupação a um dos quiosques
 

Últimas Notícias

Preço médio da venda de casas nas Caldas aumentou 25.000€ em janeiro

O portal imobiliário Imovirtual divulgou nesta segunda-feira o seu barómetro relativo à evolução dos preços médios anunciados de arrendamento e venda no distrito de Leiria, fazendo uma comparação entre janeiro com o mês de dezembro. Nas Caldas da Rainha vender ficou mais caro, passando dos 300.000€ para os 325.000€ e arrendar ficou ligeiramente mais barato, passando de 950€ para 900€.

“Hawai de Alfeizerão” é investimento em campismo com charme

O conceito de acampar com elegância e charme vai ser explorado em breve em Alfeizerão, com a criação de um Parque de Glamping, Eco Resort e Parque de Autocaravanas intitulado “Hawai de Alfeizerão”, em construção no Casal da Ponte, num investimento que rondará entre 150 a 200 mil euros da Junta de Freguesia, com o apoio da Câmara Municipal de Alcobaça.

Secretário de Estado visitou Pousada da Juventude de Alfeizerão

No âmbito da iniciativa “ANDA (Conhecer Portugal)”, o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, visitou a 5 de fevereiro a Pousada da Juventude de Alfeizerão e pôde testemunhar as suas boas condições de manutenção e gestão.

Movimento Viver o Concelho divulga atividades para este ano

A Associação Movimento Viver o Concelho (MVC), das Caldas da Rainha, divulgou o plano de atividades para 2024, anunciando que tem a sua equipa reforçada, novos projetos e “muita vontade de continuar a fazer um bom trabalho na comunidade”, manifestou Teresa Serrenho, responsável desta instituição.