emissão em direto

Termas caldenses lançam novos cremes, copo de cerâmica e voucher de oferta

Depois dos cinco sabonetes de aromas distintos lançados no ano passado, as Termas das Caldas da Rainha decidiram apostar no desenvolvimento de novos cremes da gama de cosmética termal, o Creme Real Corporal e Creme Real de Rosto, acompanhados de copo de cerâmica dedicado ao Hospital Termal e voucher-ofertas de tratamentos terapêuticos e massagem. A […]

Depois dos cinco sabonetes de aromas distintos lançados no ano passado, as Termas das Caldas da Rainha decidiram apostar no desenvolvimento de novos cremes da gama de cosmética termal, o Creme Real Corporal e Creme Real de Rosto, acompanhados de copo de cerâmica dedicado ao Hospital Termal e voucher-ofertas de tratamentos terapêuticos e massagem.

A nova gama de produtos cosméticos, que foi lançada na passada sexta-feira no Hospital Termal, consiste em três produtos feitos com as águas que alimentam a estância termal.

Criados por Sandra Martins, responsável pela empresa caldense Poção Mágica, o Creme Real Corporal e Creme Real de Rosto juntam-se à gama de cosméticos termais, que conta também com cinco sabonetes termais, Bordalo, Aromas da Praça, Orvalho do Mar, D. Carlos e Rainha D. Leonor, relacionados com a identidade caldense e com “ingredientes de peso nacionais”, como o azeite produzido num lagar próximo das salinas de Rio Maior e o óleo da grainha de uva da Destilaria Levira, na Anadia.

“Se criar os sabonetes já tinha sido um enorme privilégio em desenvolver um produto de excelência através da água termal, então com os cremes o desafio foi muito maior”, manifestou Sandra Martins, adiantando que os cremes são “produtos completamente diferentes, instáveis e com um desenvolvimento muito maior”, demorando assim mais de um ano para estarem prontos.

Os cremes direcionados para o corpo e para o rosto (pele mista ou seca) e que contam com embalagens de vidro reutilizáveis pretendem ser “mais um bom produto para elevar as Caldas da Rainha até mais longe”, sublinhou Sandra Martins.

Os produtos, tal como já os sabonetes, dispõem de uma embalagem com ilustrações de Mariana Sampaio, artista plástica e ceramista, também inspiradas na identidade termal que carateriza a cidade. “No fundo, as ilustrações foram pensadas com a base na ligação que a cidade tem à água, tendo todas elas apontamentos diferentes uns dos outros”, explicou a artista caldense, adiantando que as ilustrações retratam o Parque D. Carlos I, o Chafariz das Cinco Bicas, e por último, uma referência mais recente ao Jardim da Água do ceramista Ferreira da Silva”.

Além dos produtos cosméticos, também foi lançado no mesmo dia um copo em cerâmica, que “nasce de um desafio de criar um objeto exclusivo para uso e tratamento no Hospital Termal”, referiu o autor da peça, Carlos Enxuto.

O copo cerâmico, que contém uma rã no fundo, também conta na embalagem “uma pequena história de como a água chega até ao Hospital Termal”, explicou o ceramista.

A par das reconhecidas valências clínicas associadas às águas termais das Caldas da Rainha, com o objetivo de dinamizar a vertente de bem-estar, após uma intervenção profunda das infraestruturas e equipamentos, contemplando banheiras de hidromassagem, duches vichy, de jato e circular e também equipamentos de vapor, para realização de tratamentos terapêuticos de bem-estar e massagens, que assim complementam a oferta das termas caldenses, foram criados os vouchers-oferta “Este Natal, ofereça Saúde e Bem-Estar”, que tem o prazo de um ano para serem usufruídos em experiências de bem-estar no Hospital Termal, tais como o programa Real Descoberta, Refirmante ao Corpo, Purificante, Hidratante, entre outros disponíveis a partir do próximo ano.

Para o presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, “esta foi mais uma oportunidade para juntar novos produtos termais aos sabonetes, que tinham sido lançados no ano passado, e ainda de criar uma expetativa para uma experiência termal”.

Nesse sentido, “tudo faremos para que possa haver o lançamento de outros produtos ligados às termas caldenses, bem como vamos continuar a desenvolver o nosso trabalho e aquilo que o Município se propôs de relançar o termalismo nas Caldas da Rainha”, referiu Vitor Marques.

Tantos os cremes como o copo cerâmico e os voucher-ofertas de tratamentos terapêuticos e massagem já podem ser adquiridos na secretaria do Hospital Termal, e custam entre os 6 e os 16,50 euros.

Últimas Notícias

MDM quer combate à violência contra as mulheres 

O Movimento Democrático de Mulheres (MDM) assinalou a 25 de Novembro o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, tendo realizado um jantar-debate na sede do Clube Recreativo Delgadense, na Delgada, no Bombarral e, na véspera, a distribuição de informação no Agrupamento de Escolas Fernão Pó, na vila.

Governador rotário visita clube local

O Rotary Club das Caldas da Rainha recebeu o Governador do Distrito 1960, Vitor Cordeiro, para uma visita de trabalho, no passado dia 14, numa deslocação que teve o seu início na rotunda Rotary (junto ao Continente), onde se fez uma fotografia de grupo junto ao marco rotário.

Água distinguida pela qualidade

A Câmara Municipal do Cadaval voltou a ser contemplada com o “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano” no âmbito da 17.ª Expo Conferência da Água, realizada em Lisboa, no passado dia 22. A autarquia recebe assim, mais uma vez, a distinção que enaltece a qualidade da sua água. A atribuição deste galardão […]

Frederico Silva novamente finalista no Japão 

Chegou ao fim a digressão asiática do atleta caldense Frederico Silva e no quarto e último torneio disputado na cidade japonesa de Yokkaichi, o jogador do Clube de Ténis das Caldas da Rainha voltou a atingir a final do torneio de categoria 80 do ATP Challenger Tour.