Centro Qualifica do AERBP vai dar formações mais próximas das pessoas

O Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro (AERBP) viu aprovada a sua candidatura para os Projetos Locais Promotores de Qualificações de Nível B1, B2 e B3, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), que foram apresentados na passada quinta-feira.

O Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro (AERBP) viu aprovada a sua candidatura para os Projetos Locais Promotores de Qualificações de Nível B1, B2 e B3, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), que foram apresentados na passada quinta-feira.

O projeto vai dar formação às pessoas com mais de 18 anos sem o 9º ano e pode incluir também idosos que já estejam reformados “mesmo que não tenham completado a escola primária”, explicou a coordenadora do Centro Qualifica do AERBP, Ana Domingos. Com a duração de dois anos, pretende que no final desse período 200 pessoas tenham sido incluídas nestas formações. Por cada ano o projeto é apoiado em 165 mil euros.

O apoio financeiro permitirá aos formados ter ajudas de custos nas suas deslocações e que possam ter acesso a melhores condições de equipamento. “Queremos ir ter com as pessoas para lhes dar formação. Seja ao bairro delas, a alguma empresa, a uma aldeia ou a um lar de terceira idade”, adiantou Ana Domingos.

Uma das ideias que querem desenvolver é irem a lares para ensinar os mais velhos “a utilizarem as redes sociais para falarem com os seus netos”.

A língua gestual é outra área em que vão apostar. Vão também realizar workshops de inglês, literacia financeira, segurança informática, alimentação saudável, comunicação oral e primeiros socorros, entre outras.

No âmbito destes projetos, será possível fazer um percurso de formação único ou integrar apenas cursos de curta duração. Podem ser cursos EFA (Educação e Formação de Adultos), formação modular ou processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC).

Querem agora a colaboração das câmaras municipais, das juntas de freguesias, associações e outras entidades que possam angariar pessoas que queiram dar uso a estas formações.

O diretor do agrupamento, Jorge Pina, congratulou-se por este projeto ter sido aprovado e ser possível desta forma responder “de uma forma ainda mais abrangente às necessidades da população”.

A vereadora da Educação da Câmara das Caldas, Conceição Henriques, salientou como é importante as pessoas estarem sempre a aprender ao longo da sua vida e que estes projetos são uma mais valia para a comunidade. “Somos mais felizes quando sabemos mais”, afirmou.

A sua congénere da Câmara de Óbidos, Margarida Reis, destacou a possibilidade de pessoas com mais idade poderem desta forma completar a sua educação, tendo ficado muito satisfeita por os reformados poderem ser incluídos nestas formações.

Anualmente o Centro Qualifica deste agrupamento tem cerca de 400 inscrições, nas mais variadas valências da área educacional e formação profissional.

Como a apresentação do projeto coincidiu com o Dia Mundial da Leitura em Voz Alta, foram lidos três textos, um deles acompanhado com tradução em língua gestual e outro em hindi, por um aluno indiano que está a frequentar o curso de Português Língua de Acolhimento.

Últimas Notícias

Preço médio da venda de casas nas Caldas aumentou 25.000€ em janeiro

O portal imobiliário Imovirtual divulgou nesta segunda-feira o seu barómetro relativo à evolução dos preços médios anunciados de arrendamento e venda no distrito de Leiria, fazendo uma comparação entre janeiro com o mês de dezembro. Nas Caldas da Rainha vender ficou mais caro, passando dos 300.000€ para os 325.000€ e arrendar ficou ligeiramente mais barato, passando de 950€ para 900€.

“Hawai de Alfeizerão” é investimento em campismo com charme

O conceito de acampar com elegância e charme vai ser explorado em breve em Alfeizerão, com a criação de um Parque de Glamping, Eco Resort e Parque de Autocaravanas intitulado “Hawai de Alfeizerão”, em construção no Casal da Ponte, num investimento que rondará entre 150 a 200 mil euros da Junta de Freguesia, com o apoio da Câmara Municipal de Alcobaça.

Secretário de Estado visitou Pousada da Juventude de Alfeizerão

No âmbito da iniciativa “ANDA (Conhecer Portugal)”, o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, visitou a 5 de fevereiro a Pousada da Juventude de Alfeizerão e pôde testemunhar as suas boas condições de manutenção e gestão.

Movimento Viver o Concelho divulga atividades para este ano

A Associação Movimento Viver o Concelho (MVC), das Caldas da Rainha, divulgou o plano de atividades para 2024, anunciando que tem a sua equipa reforçada, novos projetos e “muita vontade de continuar a fazer um bom trabalho na comunidade”, manifestou Teresa Serrenho, responsável desta instituição.