emissão em direto

Candidatos do PSD por Leiria queixam-se de “negligência” na linha do Oeste

Os candidatos do PSD a deputados pelo distrito de Leiria nas próximas eleições legislativas viajaram na passada segunda-feira pela Linha do Oeste e queixaram-se de “negligência, desleixo e atraso na solução de problemas de uma via estruturante para o distrito”.

Os candidatos do PSD a deputados pelo distrito de Leiria nas próximas eleições legislativas viajaram na passada segunda-feira pela Linha do Oeste e queixaram-se de “negligência, desleixo e atraso na solução de problemas de uma via estruturante para o distrito”.

A comitiva, liderada por Paulo Mota Pinto, cabeça de lista por Leiria, foi de comboio do Bombarral ao Louriçal, demorando cerca de três horas, mais do dobro do tempo que leva o autocarro. “Com esta ação, entendemos que a Linha do Oeste é um exemplo que caracterizou a ação do governo central, no distrito, ao longo dos últimos anos”, sublinhou Paulo Mota Pinto.

No que diz respeito à requalificação da Linha do Oeste, o líder da lista do PSD pelo distrito disse que “a modernização para o sul está em projeto para ser adjudicada, mas com uma velocidade demasiado lenta”. Face a isso considera que “deveria ter havido cuidado em aumentar as velocidades para tornar o comboio concorrencial com a Rodoviária”.

Segundo Paulo Mota Pinto, “a obras de requalificação para o sul das Caldas estará pronta em quatro anos, mas para o norte só em 2030”.

O candidato voltou a criticar a falta de aumento de velocidade dos comboios de modo a tornar a linha “concorrencial com o autocarro, que era fundamental para que a população que se desloca diariamente das Caldas a Lisboa pudesse utilizar o comboio como um meio de transporte mais amigo do ambiente e mais confortável”.

Caso for eleito Paulo Mota Pinto promete que irá debater a aceleração da modernização da linha e o aumento da velocidade dos comboios, para que a linha possa “ser um elemento estruturante do distrito”.  

Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS apelou que “não se repetisse a confusão entre as funções de governante e candidato que se tem registado nos últimos tempos, com visitas a centros de vacinação, hospitais, entre outros”. “Isso não correu bem nas autárquicas e espero que evitem que tenhamos que fazer uma queixa formal”, sublinhou.  

Últimas Notícias

Funcionária acusada de desviar dinheiro de taxas moderadoras

O Ministério Público deduziu acusação contra uma mulher que exerceu funções no serviço de atendimento complementar da Nazaré, pertencente ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Norte, e que nesse âmbito está indiciada da prática de crimes de peculato e de recebimento indevido de vantagem.

Radiocomunicações de barcos fiscalizadas

A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) levou a cabo no último trimestre de 2021 um conjunto de ações de fiscalização com a Polícia Marítima, numa zona compreendida entre os portos de Caminha e Peniche.

Uma semana com mais 5 mortes e mais 1172 casos ativos no Oeste

Os dados divulgados até à noite de 10 de fevereiro davam conta que no total, desde o início da pandemia, foram registados 831 óbitos (mais 5 em relação à semana passada) na região Oeste associados à Covid-19. O concelho de Torres Vedras era onde se verificava o maior número de falecimentos, que ascendem a 197 […]