emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Época balnear com preocupações com a pandemia

Arrancou no passado sábado a época balnear nas praias do concelho de Peniche, tendo sido colocadas pelo Município placas informativas no contexto da Covid-19, com recomendações e informações diversas que vão desde a indicação de entrada/saída, medidas a tomar em conta no acesso e uso da praia, estado de ocupação, concessionários e escolas de surf.

Esta medida estende-se também aos passadiços recentemente construídos e às praias não vigiadas. Nas praias concessionadas a informação é também disponibilizada nas instalações sanitárias públicas com vista a sensibilizar os utentes para o uso de calçado, máscara, lavagem de mãos, distanciamento social e etiqueta respiratória.

Nos chuveiros relembra-se a necessidade de uso de calçado. As papeleiras de praia têm sinalética específica para colocação das máscaras usadas. Nos painéis de madeira destinados aos editais de praia, é colocada informação sobre a sinalética do estado de ocupação das praias, bem como recomendações de segurança.

Este ano foram atribuídas sete bandeiras azuis (Baleal Norte, Baleal Sul, Cova da Alfarroba, Gamboa, Medão Supertubos, Consolação e São Bernardino) pela Associação Bandeira Azul da Europa e onze galardões “praia com qualidade de ouro” (Baleal Norte, Baleal Sul, Baleal Campismo, Cova da Alfarroba, Gamboa, Medão Supertubos, Peniche de Cima, Porto da Areia Sul, Consolação, Consolação Norte e São Bernardino) pela Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.