emissão em direto

próximo programa

Ver programação completa

Etapa-rainha do Troféu Joaquim Agostinho parte da Serra d’El Rei

A 44ª edição do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho, em ciclismo, na estrada entre 16 e 18 de julho, contará com um total de 436,3 quilómetros, distribuídos por três jornadas de competição, ficando a etapa-rainha guardada para o último dia. Além de ser a mais extensa, 185 quilómetros, será a mais montanhosa. O pelotão parte da Serra d’El Rei, em Peniche, às 11h45, sendo esperados os primeiros corredores no alto de Montejunto, onde termina a viagem, cerca das 16h00.

Nos últimos sete quilómetros há duas contagens de montanha de primeira categoria. Os ciclistas sobem as duras rampas do Avenal, no Cadaval, seguindo depois para o topo da serra, onde a meta coincide com o derradeiro prémio de montanha.

O Troféu Joaquim Agostinho é a corrida portuguesa há mais anos consecutivos inscrita no calendário da União Ciclista Internacional. A edição de 2021 é de classe 2.2, motivo pelo qual as equipas portuguesas terão a concorrência de seis blocos vindos de fora.

Irão participar três ProTeams espanholas, Burgos-BH, Caja Rural-Seguros RGA e Euskaltel-Euskadi, e três formações continentais estrangeiras, Israel Cycling Academy (Israel), Protouch (África do Sul) e Vino-Astana Motors (Cazaquistão). Irão ainda competir oito equipas continentais portuguesas: Antarte-Feirense, Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel, Efapel, LA Alumínios-LA Sport, Louletano-Loulé Concelho, Rádio Popular-Boavista, Tavfer-Measindot-Mortágua e W52-FC Porto. O pelotão completa-se com três equipas de clube: Adega Mor/GDM/CACB, Almodôvar/Delta Cafés/Crédito Agrícola e Sicasal/Miticar/Torres Vedras.

Últimas Notícias

Equipa do Acrotramp vence Scalabis Cup

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de julho, a Scalabis Cup, competição Internacional de ginástica, no Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, reunindo cerca de 500 ginastas em representação de vários países. O Acrotramp Clube de Caldas esteve representado nesta competição com seis ginastas seniores de 1ª divisão e elite (três em duplo minitrampolim e três em tumbling).

Caldas da Rainha esteve em alerta mas DGS corrigiu números

A Direção-Geral da Saúde procedeu na passada segunda-feira a uma correção da incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes nas Caldas da Rainha, para o período de 24 de junho a 7 de julho, o que retirou o concelho do estado de alerta em que havia sido colocado indevidamente por resolução do Conselho de Ministros na quinta-feira anterior.