emissão em direto

Inexistência de médicos sem resolução

O presidente da Câmara Municipal do Cadaval afirma que “a questão de fundo que continua sem nenhuma resolução é a inexistência de médicos”, uma situação que “é da única e exclusiva responsabilidade da administração central, ou seja, do Governo”.

O presidente da Câmara Municipal do Cadaval afirma que “a questão de fundo que continua sem nenhuma resolução é a inexistência de médicos”, uma situação que “é da única e exclusiva responsabilidade da administração central, ou seja, do Governo”.

José Bernardo Nunes aponta que “estão colocados seis médicos de família e um contratado, no entanto, o facto de quatro médicos se encontrarem ausentes, por baixas e licenças prolongadas, tem vindo a agravar o acesso aos cuidados de saúde”, uma vez que “na realidade, só estão em efetividade de funções dois médicos de família”.

O autarca diz que o presidente do Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Sul, que faz a gestão dos centros de saúde, quer com o presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa de Vale do Tejo, dão a resposta de que “não conseguem contratar médicos para suprir o défice de consultas”.

De acordo com José Bernardo Nunes, “o município disponibiliza gratuitamente habitação e recheio, e despesas com água e energia” aos médicos de família que manifestem essa necessidade, estando neste momento a usufruir deste benefício três médicos que o solicitaram.

Últimas Notícias

Suspeito de esfaqueamento detido pela Judiciária

Um homem de 24 anos que tentou matar outro com uma faca, no ano passado em Rio Maior, foi detido no dia 24 de maio pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária em Ferrel, no concelho de Peniche.

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).